quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

Fortaleza: Grupo invade prédio da Cogerh, rouba armas e arromba caixa eletrônico

Um grupo de cerca de quatro pessoas invadiu o prédio da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), localizado no Bairro Cambeba, roubou as armas e coletes dos vigilantes e arrombou o caixa eletrônico do local, no fim da noite desta quarta-feira (16).

De acordo com a polícia, os suspeitos renderam os dois vigilantes, ordenaram que as vítimas abrissem o portão da frente do prédio e um veículo com outros criminosos entrou no prédio. Foram utilizadas ferramentas e um maçarico para arrombar o caixa eletrônico, que teve todo dinheiro do equipamento levado. Não há informações sobre a quantia roubada.

O caixa eletrônico arrombado pelos criminosos teria sido abastecido durante o período da manhã. Os outros equipamentos não foram violados. Com informações Diário do Nordeste.

Copa do Nordeste: Ceará estréia no Castelão diante do Sampaio Corrêa

O Ceará vai estrear na Copa do Nordeste nesta quinta-feira (16), às 20h (horário cearense), contra o Sampaio Corrêa. A equipe alvinegra está no Grupo B e enfrenta o atual campeão do Torneio.

O Vovô, que segue na elite do futebol brasileiro e é o atual bicampeão cearense, manteve a base do elenco do ano passado e ainda renovou o contrato do treinador Lisca.

O Ceará soma 14 participações na Copa do Nordeste. Em 2014, o Vovô foi vice-campeão da competição, tendo perdido para o Sport. Já em 2015, o Ceará bateu o Bahia na final e levantou a taça de campeão do certame de forma invicta.

CAMPEONATO CEARENSE: IGUATU É GOLEADO PELO FERROVIÁRIO

Jogando no estádio Presidente Vargas pela segunda rodada do Campeonato Cearense, o Ferroviário recebeu o Iguatu, na noite desta quarta-feira (16). Edson Cariús (2), Janeudo e Siloé marcaram os gols da primeira vitória do Tubarão da Barra dentro de casa. Canga marcou o único do Azulão.

Com o resultado, o Ferroviário subiu para a vice-liderança do campeonato com seis pontos conquistados enquanto o Iguatu segue em sétimo colocado com apenas um ponto.

No estádio Domingão, Floresta e Guarany de Sobral não saíram o 0 a 0 enquanto o Guarani de Juazeiro foi derrotado por 1 a 0 pelo Horizonte, no Romeirão.

De virada, o Barbalha venceu o Atlético Cearense, no Inaldão, pelo placar de 2 a 1.

Classificação:

1º Barbalha - 7 pts

2º Ferroviário - 6 pts

3º Atlético - 6 pts

4º Guarany de Sobral - 6 pts

5º Horizonte - 5 pts

6º Floresta - 4 pts

7º Iguatu - 1 pt

8º Guarani de Juazeiro - 0 pt

Observação: Vale destacar que Ceará e Fortaleza só entram na segunda fase da competição.

Dois homens fingem ser pais de alunos e assaltam escola municipal

A Associação Beneficente Tancredo Neves, em Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza, foi assaltada na manhã desta quarta-feira (16). Segundo informações de funcionárias dois homens entraram no local fingindo ser pais de alunos e anunciaram o assalto. O 18º Distrito Policial investiga o caso.

A polícia informou que professoras e servidores da escola foram feitos reféns. Os suspeitos estavam armados e levaram celulares e cartões de crédito das vítimas, além do carro de uma das professoras. O veículo possui rastreador, foi localizado pela polícia e já foi devolvido para a proprietária.

Ainda de acordo com a polícia, ninguém ficou ferido, mas a dupla chegou a ordenar que as professoras olhassem para a parede e que, se se virassem, atirariam. "Elas ficaram em pânico", afirmou uma funcionária.

A suspeita é de que os homens sabiam que a escola está com menos funcionários no período de matrículas, e que, por isso, escolheram esse momento para realizar o assalto. Com informações G1.

PREFEITO DE PIQUET CARNEIRO ANUNCIA PAGAMENTO DO GARANTIA-SAFRA

O prefeito de Piquet Carneiro, Bismarck Bezerra, anunciou na manhã desta quinta-feira (17) através de vídeo nas redes sociais a importante informação de que foi liberado o pagamento do Garantia-Safra para os agricultores piqueenses. Assistam ao vídeo:

Prazo prorrogado PMs da reserva têm até sexta para se apresentar e reforçar segurança

O Governo do Ceará prorrogou o prazo para que os policiais militares da reserva se apresentassem no Comando Geral da PM para reforçar a segurança contra os recentes ataques criminosos no estado. O prazo estipulado pela PM era até nesta quarta-feira (16), mas foi estendido até sexta-feira (18). Cerca de 1,2 mil homens devem ser convocados, segundo o Governo do Estado.

Desde o dia 2 de janeiro, quando iniciou a onda de violência no estado, foram confirmados 206 atentados em 46 dos 184 municípios cearenses. Os ataques começaram em Fortaleza, foram para a Região Metropolitana e também se espalharam por diversas cidades do interior do estado. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública, 375 pessoas foram capturadas por envolvimento nos crimes.

De acordo com o Relações Públicas da PM, coronel Jano Marinho, a prorrogação se deve pela dificuldade em entrar em contato com os agentes que moram principalmente no interior do Ceará.

A prorrogação é em razão da dificuldade de você conseguir contato com as pessoas que moram no interior do Estado. Eles não acessam a internet e nós temos policiais a sua maioria entre com idades de 55 a 60 anos. Hoje nós temos essa dificuldade de comunicação. Os meios de comunicação acabaram ajudando muito, mas a prorrogação se deve a razão desse fato, afirmou.

A apresentação no quartel começou na terça-feira (15). Os que já assinaram os documentos, deveriam ter começado a trabalhar hoje [quarta-feira]. Mas, atrasos na preparação das fardas e coletes atrasaram a saída às ruas.

Logo depois desses ajustes, os policiais militares devem retornar as ruas até sexta-feira. Eles serão designados em um primeiro apenas para reforçar o policiamento em Fortaleza. E se necessário podem ser deslocados para outras regiões do estado, disse.

Apresentação obrigatória

A Polícia Militar reforça que a apresentação é obrigatória para os PMs que estão na reserva há no máximo cinco anos e que moram no Ceará. Aqueles que não residem no Ceará não estão obrigados a se apresentar.

Quem não se apresentar vai responder administrativamente por transgressão disciplinar. E quem não puder mais trabalhar precisa trazer um atestado médico e passar por uma avaliação na PM.

A convocação é possível após a aprovação de uma lei na Assembleia Legislativa, em sessão extraordinária nesse último sábado, 12, durante o recesso parlamentar. Os policiais da reserva que voltarem a trabalhar irão receber uma gratificação extra. Com informação do G1.

Camilo Santana confirma o fechamento de 67 cadeias no interior do Ceará nos últimos dias

O Governador do Ceará, Camilo Santana (PT), confirmou o fechamento de 67 cadeias no Estado durante os últimos dias. A afirmação foi feita durante uma entrevista concedida a Globo News, na noite desta quarta-feira (17).

De acordo com Camilo Santana, o fechamento das unidades prisionais foi decidido pelo secretário da Administração Penitenciária, Mauro Albuquerque e contou com o apoio do Governo. "Eram cadeias precárias, concentrei na Região Metropolitana para ter mais controle sobre esses presos. Isso foi uma decisão do próprio secretário [da Administração Penitenciária, Mauro Albuquerque]. Tenho tido todo o apoio do poder judiciário", disse. 

O fechamento das cadeias do interior é realizado em meio a onda de ataques criminosos que acontece no Estado desde a noite do dia 2 de janeiro. Áudios que teriam sido compartilhados entre membros de facções, divulgados no último domingo (13) pelo programa Fantástico, indicam que presidiários comandavam os ataques ocorridos no Ceará.

Camilo também classificou as ações criminosas que acontecem no Estado como atos de terrorismo e defendeu uma mudança na legislação brasileira para tratar sobre o assunto. "Eu defendo que precisa de uma mudança. Até porque nesses atos, foi a primeira vez que se usou explosivos em ações no Ceará, bombas. Isso precisa ser tipificado como terrorismo. Precisa o Congresso Nacional rever uma série de leis, inclusive uma delas é essa, a lei antiterrorismo, que precisa tipificar esse tipo de ação como terrorismo", disse.

Até esta quarta-feira, pelo menos 206 crimes como explosões de viadutos e pontes, incêndios a veículos e depredação de prédios públicos foram registrados no Estado. O número de presos ou apreendidos chega a 383 até às 17h desta quarta, conforme balanço da Secretaria da Segurança. Com informações Diário do Nordeste.

Nova fase da tarifa branca pode baratear a conta de cearenses

A tarifa branca de energia inicia sua segunda etapa de adesão e permite agora que unidades com média acima de 250 quilowatt/hora (kW/h) mensal possam usar o benefício. No Ceará, os consumidores têm os valores mais baratos do Nordeste e mais de 300 usuários aderiram ao programa durante a primeira fase, quando era disponibilizado a gastos superiores a 500 kW/h.

Para compensar a mudança de plano, a dica é avaliar o consumo. Para quem abusa da energia em horários de alta demanda, essa não é a forma de economizar, devendo manter-se no modelo convencional, no qual a tarifa independe do dia da semana ou horário.

Porém, quem utiliza a energia fora do horário de pico, batizado de ponta, que abrange o período de 17h30 a 20h29, o modelo de consumo é um começo para reduzir a conta, com uma tarifa 23% menor que a convencional. "A tarifa é muito interessante ao consumidor, assim como é importante para o sistema de geração de energia, uma vez que se as pessoas readequarem o seu consumo, dá uma aliviada para a distribuidora que é muito demandada no horário de ponta", pontua Gilmar Lopes Ribeiro, professor do IFCE.

Em uma simulação da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a família que concentra grande parte do consumo para o período fora de ponta, como uso de chuveiro elétrico e demais eletrodomésticos, a adesão pode gerar uma redução na conta em torno de R$ 6,66 por mês. Parece pouco, mas é maior que um rendimento de muitos investimentos, como a poupança. E quem concentra o uso aos fins de semana, a tarifa branca revela-se ainda mais vantajosa por cobrar igual independente do horário. Assim, uma casa de praia, por exemplo, em que se utiliza mais energia aos sábados, domingos e feriados, a alternativa mostra-se como uma solução de redução de custos.

No caso de uma empresa, se ela funciona 24h, por exemplo, com constância no uso de energia ao longo do dia, também é vantagem. Pelos cálculos da Aneel, a economia mensal é em torno de R$ 22,31.

"A energia, como é uma coisa mensal e para a vida inteira, se você economizar R$ 50, por exemplo, é bem significativo. Em um ano, é em torno de R$ 600, o que equivale a dois meses de consumo", completa Gilmar. Com informações Diário do Nordeste.

Mais uma cadeia pública é fechada no Ceará

A Cadeia Pública da cidade de Baturité, situada a 115,5 quilômetros de Fortaleza, foi fechada nesta quarta-feira, 16, segundo O POVO Online apurou. A operação faz parte do processo de desativação das cadeias municipais do Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Seap) deste ano.

Além da prisão de Baturité, o Governo do Ceará havia interditado 27 cadeias públicas no Estado. A operação de desativação já havia sido iniciado no ano passado, mas foi intensificado neste mês com a chegada do secretário estadual de Administração Penitenciária, Luis Mauro Albuquerque, e a nova política prisional do Estado.

O POVO apurou com fontes da administração estadual que a expectativa é fechar 80 cadeias publicas no total. Os presos transferidos e suas famílias deverão receber apoio jurídico e psicossocial da área técnica da Seap.

Também apurou que entre as cadeias fechadas estão algumas unidades de grande porte como a Cigana (Caucaia). Na lista constam ainda Acaraú, Bela Cruz, Itapajé, Itarema, Jijoca de Jericoacoara, Morrinhos, Paracuru, Pentecoste, São Gonçalo do Amarante, São Luís do Curu e Paracuru.

A ideia do Governo do Estado é construir 14 presídios regionais para substituir as cadeias existentes. A primeira unidade regional, em Horizonte, está em fase de finalização. De acordo com o secretário, as unidades foram fechadas por questão de segurança, uma vez que "não tinham estrutura de cadeia". Com informações O Povo.

Homem é morto em campo de futebol

Um homem de 28 anos, identificado como Alisson Douglas Nascimento Batista, foi morto em um campo de futebol localizado na Rua Bulgária, na Vila Manoel Sátiro, em Fortaleza, na noite desta quarta-feira (16).

Segundo a Polícia Militar, Alisson Douglas estava passando pelo campo quando dois suspeitos de moto o abordaram e o garupeiro atirou na direção dele. A vítima tentou fugir, mas foi atingida por cerca de 8 disparos, na cabeça e nas costas. Os suspeitos fugiram em seguida.

Conforme os policiais, o homem seria usuário de drogas e a polícia não descarta que o crime tenha relação com dívidas a traficantes. Com informações Diário do Nordeste.

Criminosos explodem bomba em estação de metrô e ateiam fogo em agência bancária no 16º dia de ataques no Ceará




    Criminosos explodiram uma bomba em uma estação do Metrô de Fortaleza, incendiaram uma agência bancária e tentaram derrubar uma ponte na capital entre a noite desta quarta-feira (16) e a madrugada desta quinta (17). A onda de violência no Ceará chegou ao 16º dia seguido com 209 ataques confirmados.

    Desde o dia 2 de janeiro, criminosos atacaram ônibus, carros, prédios públicos, prefeituras e comércios em 46 dos 184 municípios cearenses. Os ataques começaram em Fortaleza, foram para a Região Metropolitana e também se espalharam por diversas cidades do interior do estado. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública, 383 pessoas foram capturadas por envolvimento nos crimes.

    O Ministério da Justiça confirmou que enviou um reforço de 355 agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) para o estado. O governo do estado comunicou que convocou policiais militares da reserva para voltar a atuar e reforçar o combate aos crimes. Tropas da Força Nacional também seguem reforçando as ações no estado. O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), classificou as ações criminosas como "atos de terrorismo".

    A agência do Banco do Brasil, localizada na rodovia BR-116, no Bairro Aerolândia, foi atacada por volta de 1h desta quinta-feira. Criminosos atiraram diversas vezes contra o prédio do banco e invadiram o local. Eles incendiaram a agência e depois fugiram.

    De acordo com a PRF, os suspeitos usaram combustível para atear fogo na agência. Caixas eletrônicos e outros objetos foram atingidos. O Corpo de Bombeiros foi acionado e conseguiu impedir que a agência fosse totalmente incendiada. O banco foi isolado.

    Ainda durante a madrugada, por volta das 3h30, criminosos explodiram uma bomba em um poste da estação do Metrô de Fortaleza do Bairro Couto Fernandes. Devido à ação, o metrô não realizou viagens durante o início da manhã e a estação permaneceu fechada.

    Localizada na Avenida José Bastos, a estação Couto Fernandes faz parte da linha Sul do Metrô de Fortaleza e atende o público dos bairros Bela Vista, Pici e adjacências. Equipes da Força Nacional e Polícia Militar foram acionadas e reforçaram a segurança do equipamento após o ataque.

    Já durante a noite, criminosos usaram artefatos explosivos para tentar derrubar uma ponte na Rua Chile, no Bairro Bela Vista. O ataque danificou parte da estrutura da ponte e danificou um cano de esgoto que passava pelo local. 

    O barulho da explosão foi ouvido por moradores de outros bairros da região. Com informações G1.

    quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

    Agricultor morre eletrocutado em rede de alta tensão que havia caído

    Um agricultor de 49 anos, foi vitima de choque elétrico, após se chocar com fios da rede elétrica que estavam caídos ao solo no município de Quixadá. 

    A fiação da alta tensão, havia caído com a forte chuva e ventos que atingiram a região.

    A tragédia, vitimou Francisco Gilmar da Costa, populares informaram que a vítima trafegava em uma motocicleta Fan, de cor preta e foi eletrocutado quando passou próximo ao fio elétrico na localidade Cedro Velho. 

    Compareceu ao local a Ambulância do SAMU, o óbito foi confirmado pelo médico. Compareceu também no local perícia e o rabecão do IML.

    Populares informaram que já haviam comunicado a ENEL desde o início da manhã a existência de um fio elétrico caído no meio da rua e que nenhuma providência teria sido tomada por parte da empresa. Vale ressaltar que quando a composição policial chegou no local já haviam retirado a motocicleta vítima do local. Com informações 9º BPM de Quixadá.

    Surfista morre ao pisar em fio elétrico no Icaraí

    Um adolescente de 15 anos morreu ao ser eletrocutado após pisar em um fio elétrico que estava caído na Av. Central, na Praia do Icaraí, em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza. 

    Segundo informações de testemunhas, Daniel Barbosa Viana voltava da praia e estaria indo para um treino de Muay Thai quando recebeu a descarga elétrica. Populares tentaram reanimar a vítima, mas sem êxito. 

    Moradores relataram que desde a última terça-feira (15), os fios estavam no chão e que entraram em contato com a Enel várias vezes, mas o problema não foi resolvido. 

    Em nota, a Enel lamentou o acidente e informou que vai oferecer assistência à família da vítima além de contribuir com as autoridades na apuração das causas do acidente.

    Ainda segundo a empresa, o fio que ocasionou o acidente seria de baixa tensão. Com informações Diário do Nordeste.

    Após retornar de saída temporária, detento é flagrado com 9 celulares e 52 objetos no estômago

    Um detento de 24 anos da Colônia Agrícola Penal de Palhoça, na Grande Florianópolis, precisou passar por cirurgia após retornar de uma saída temporária de sete dias. Ele foi flagrado com 61 objetos dentro do estômago. O caso foi registrado na terça-feira (16).

    Ao passar por um scanner de revista corporal, foram encontrados nove celulares e mais 52 objetos como cabo USB, isqueiro, drogas, entre outros.

    De acordo com a Secretaria de Justiça e Cidadania, ao entrar na unidade, os agentes desconfiaram do comportamento do detento, que é portador de necessidades especiais e usa muletas. Quando ele foi submetido ao detector, o equipamento sinalizou a presença de metal.

    Os agentes levaram o preso até o Complexo Penitenciário do Estado, em São Pedro de Alcântara, onde realizaram nova inspeção de imagens com o aparelho de scanner e detectaram os objetos metálicos no estômago.

    O homem passou por cirurgia, e nesta quarta-feira (16) segue internado e passa bem. A secretaria informou que o preso vai responder criminalmente pelo caso.

    O preso já respondia por porte ilegal de arma, roubo e tráfico de drogas. Com informações G1.

    Jovem que matou ex no sexo deixa prisão para se casar com detento

    Vânia Basílio Rocha, de 21 anos, casou-se na tarde desta quarta-feira (16) em Vilhena (RO), a 700 quilômetros de Porto Velho. A jovem é condenada por matar o ex-namorado a facadas, durante o ato sexual, em dezembro de 2015. Já o marido dela cumpre pena por assalto. O casal recebeu autorização da Justiça para oficializar a união em um cartório da cidade.

    Vânia chegou ao cartório escoltada por agentes do presídio feminino. Ela não usou um vestido branco e manteve o tradicional uniforme prisional para dizer "sim" ao noivo.

    Já o noivo Luiz Fernando dos Santos, de 31 anos, estava acompanhado de militares do Corpo de Bombeiros, onde cumpre pena. A imprensa não foi autorizada a fazer registros dentro do cartório.

    Na cerimônia, Vânia e Luiz trocaram alianças e deram um beijo para selar a união estável.

    Após o casamento, Vânia retornou para a unidade prisional e Luiz Fernando, para o batalhão. Segundo a direção do presídio feminino, como o casamento aconteceu após a prisão deles, é necessário autorização judicial para que haja visitas.

    Atualmente, o casal não dispõe dessa autorização e vai continuar se relacionando por cartas. Os presos não recebem nenhum benefício em virtude do casamento.

    Relacionamento

    Luiz Fernando conheceu Vânia no presídio feminino, onde funciona também a instalação de tornozeleira eletrônica. Ele estava na unidade para fazer manutenção no dispositivo, quando a viu e se interessou por ela. Depois disso, ele enviou uma carta para um programa de rádio evangélico e ofereceu uma música à Vânia.

    Após alguns dias, ela também enviou uma carta ao programa e ofereceu uma música a ele. Eles continuaram enviando cartas para o rádio e depois começaram a trocar correspondências diretamente, entregues por familiares ou amigos.

    O noivado aconteceu no fim do ano passado, quando foram autorizados pela Justiça a se encontrarem no presídio feminino e conversaram pela primeira vez pessoalmente.

    O G1 foi até o Corpo de Bombeiros, mas Luiz Fernando não quis dar entrevista.

    Penas

    Vânia foi condenada a 8 anos e 4 meses de prisão e cumpre pena no regime fechado. A defesa dela pediu progressão para o regime semiaberto, mas o pedido foi negado em primeira e segunda instância.

    Segundo a direção do presídio feminino, Vânia continua com bom comportamento e trabalha e estuda dentro da unidade. A direção ainda ressaltou que a presa deve começar um tratamento psicológico nos próximos dias, custeado pela família, pois o tratamento prestado pelo estado já foi concedido.

    O marido de Vânia foi condenado a 36 anos e 4 meses, por assalto. Conforme o Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ-RO), Luiz Fernando já cumpriu 13 anos e 10 meses de prisão e, atualmente, cumpre pena no regime fechado. Em virtude do bom comportamento, ele recebeu autorização para trabalhar no Corpo de Bombeiros.

    Na corporação, ele exerce a função de cabeleireiro e também faz serviços gerais.

    Crime de Vânia

    Vania matou o ex a facadas durante o ato sexual, na casa dele, em dezembro de 2015. Na época, ela confessou o crime e disse: "queria matar alguém". Antes do assassinato, a jovem chegou a escrever um post no Facebook, afirmando não ter sido uma má namorada.

    Um laudo feito meses depois da prisão apontou que Vania é sociopata. No júri em que foi condenada, em setembro de 2016, a acusada fez cara de fúria ao ouvir a sentença. Em setembro de 2017, a jovem foi agredida por uma detenta e chegou a sair para registrar boletim de ocorrência.



    Em 24 horas, cinco bandidos morrem em confronto com policiais no Ceará

    Ao menos, cinco bandidos foram mortos, nas últimas 24 horas, durante confrontos com a Polícia na Capital e no interior do estado. O reforço nas operações de segurança fez também aumentar consideravelmente o número de prisões de suspeitos de ataques criminosos. Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), já são 360 detenções, a maioria, em flagrante delito.

    Na cidade de Ipu, na Serra da Ibiapaba (a 298Km de Fortaleza), dois bandidos foram mortos numa troca de tiros com policiais militares na tarde desta segunda-feira (14). Uma operação que envolveu um forte aparato policial, formado por policiais civis e militares, terminou em confronto com bandidos que estavam escondidos no bairro Grotas. Na troca de tiros, morreram o traficante foragido da Justiça, Francisco Fabiano Rodrigues de Souza, 30 anos; e seu sobrinho, Bryan Rodrigues de Sousa Paz, 17 anos. Os corpos foram levados para o Núcleo da Perícia Forense de Sobral. Armas foram apreendidas com os suspeitos.

    Em Morada Nova (a 163Km de Fortaleza), um bandido morreu numa troca de tiros com policiais do Batalhão de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) por volta de 21 horas desta segunda-feira. As equipes do BPRaio receberam denúncias de um bandido armado circulando pelo bairro Pedra e Cal. Ao chegar no local indicado na informação, a patrulha foi recebida a tiros e revidou baleando o suspeito. Ele foi socorrido para o Hospital Municipal do Município, mas não resistiu.

    Em Aracati, no litoral Leste do estado (a 149Km da Capital), denúncias de tráfico de drogas levaram policiais militares ao Distrito de Outeiro, onde estaria escondido o bandido que atirou na cabeça de um taxista, na última sexta-feira, durante um assalto. Os policiais foram recebidos a tiros e reagiram, baleando o assaltante identificado como Daniel Silva Braga, 23 anos. Ele foi levado para o Hospital Regional, onde faleceu na Emergência.

    Em Fortaleza, um bandido foi baleado e morto em um confronto com policiais militares após tentar praticar mais um ataque criminoso, quando tentava incendiar um posto de combustíveis. A troca de tiros ocorreu na Avenida Urucutuba, no bairro Bom Jardim. O suspeito foi socorrido, mas não resistiu. Com informações Fernando Ribeiro.

    Quadrilha de assaltantes é presa em Icó após a prática de assalto na cidade de Jaguaribe

    Quatro homens e uma mulher foram presos na tarde desta segunda-feira (14), na BR-116, na entrada da cidade de Icó. 

    Segundo informações, dois homens invadiram uma residência na cidade de Jaguaribe, renderam um comerciante e sua esposa, e conseguiram levar uma quantia de aproximadamente R$ 40 mil reais.

    Após o roubo, a dupla fugiu em dois veículos, um Corolla de placa GHY- 4790 - inscrição de São Bernardo do Campo (SP), e um Prisma - placa GKF-4807, inscrição de Diadema (SP). De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o Corolla tem placa clonada.

    A Força Tática de Icó e equipes do Raio foram acionados, e interceptaram os dois veículos na entrada da cidade de Icó. Em um dos veículos encontrava-se uma mulher e uma criança de aproximadamente 3 anos.

    O material em posse da quadrilha foi recuperado e os indivíduos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Jaguaribe. A Polícia Civil vai investigar a possível participação do grupo em outros assaltos pela região. Com informações Iguatu Notícias.

    Troca de tiros em operação policial deixa dois mortos em Ipu, Ceará

    Uma operação integrada das Unidades da Polícia Civil de Ipu, de Guaraciaba do Norte e de São Benedito, na Região da Ibiapaba, deixou dois mortos na tarde desta segunda-feira (14). As informações são da Delegacia Municipal de Ipu (6ª Região). Um a pessoa foi presa.

    Segundo a polícia, os agentes de segurança realizaram um cerco nos bairros Nova Aldeota e Grota, em Ipu, para prender um traficante. Ao perceber a ação da polícia, o suspeito que estava acompanhado do sobrinho reagiu e ambos foram atingidos pelos policiais. Eles não resistiram aos ferimentos e morreram no local.

    Um terceiro suspeito tentou fugir, mas foi detido pela polícia. Com eles, foram apreendidos papelotes de cocaína, um revólver e R$ 15 mil em espécie.

    A operação contou com o apoio da Força Tática, Batalhão da Polícia Militar (BPRAIO), COTAR e Batalhão de Divisas. Com informações Diário do Nordeste.

    Moro: 'Petrobras foi saqueada num volume sem paralelo no governo Lula'

    O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, afirmou, nesta terça-feira, 15, em entrevista à GloboNews, que a Petrobras foi "saqueada em um volume sem paralelo" durante o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A declaração foi feita em resposta a pergunta sobre argumentos da defesa do petista à Justiça de que Moro foi um juiz parcial e o perseguiu durante processos judiciais.

    Moro afirmou que Lula não "faz parte" de seu "presente", nem do "futuro". "O fato é que a decisão que eu proferi foi confirmada por três desembargadores que permanecem em suas posições."


    "O que existe é um álibi falso de perseguição política. O fato é que a Petrobras durante o governo do ex-presidente foi saqueada num volume às vezes sem paralelo no mundo", disse. Moro ressaltou que "a própria Petrobras reconheceu R$ 6 bilhões em desvios".

    "Pra onde foi esse dinheiro? esse dinheiro foi para enriquecer ilicitamente diversos agentes públicos daquele governo e parcelas beneficiaram o ex-presidente. Esse álibi parte do pressuposto de que esse escândalo de corrupção não aconteceu", concluiu. Com informações do Estadão Conteúdo.

    Televisores são retirados após pente-fino em todas penitenciárias cearenses

    Televisores foram apreendidos em pente-fino realizado nas unidades prisionais de todo o Estado do Ceará. Ventiladores, celulares e alimentos também foram recolhidos. Familiares relatam dificuldade para retirada dos equipamentos. Em 5 de janeiro, áudio foi divulgado nas redes sociais com ordem do secretário da Administração Penitenciária do Ceará (Seap), Luís Mauro Albuquerque, para que todas penitenciárias passassem por uma "limpeza".

    O POVO Online procurou a Seap, no início da manhã dessa terça-feira, 15, para detalhes sobre a quantidade de televisores recolhidos e devolução para familiares, mas até as 13h27min não obteve a resposta. A assessoria de comunicação do órgão informou ainda está apurando as informações. 

    De acordo com o MPCE, todos os equipamentos que ingressam nos presídios de forma regular são cadastrados e suas respectivas notas fiscais ficam arquivadas na diretoria de cada penitenciária. O órgão afirma que os aparelhos de TV e ventiladores retirados das celas foram identificados e serão restituídos aos familiares dos detentos que queiram reavê-los, nos termos do cadastro.

    Fonte ligada à interno da Casa de Privação Provisória de Liberdade Agente Elias Alves da Silva (CPPL 4) afirma que não há comunicado sobre a possibilidade de retirar os equipamentos. Após saber por terceiros, o parente do detento foi à unidade prisional, munida da nota fiscal, e conseguiu retirar a TV comprada. A fonte relata ainda dificuldades de ter notícias sobre o parente. 

    Situação dos detentos

    Membros do Núcleo de Investigação Criminal (Nuinc) e da Promotoria de Justiça de Corregedoria de Presídios e Penas Alternativas, órgãos do MPCE, realizaram vistorias, na última quinta-feira, 10, na CPPL 1 e 3. Segundo os promotores de Justiça, a situação nas duas unidades está “tranquila”, assim como o acesso à água, alimentação, higiene, vestuário e atendimento médico e odontológico. 

    Em nota, o órgão afirmou que em alguns espaços, no momento da vistoria, estava havendo manutenção, com pinturas, pequenas reformas e dedetização. A entidade destacou ainda que todas as celas visitadas pelos membros do MPCE estavam limpas e nenhuma reclamação de maus-tratos foi expressada por parte dos presos.

    A gestão prisional informou aos membros do Ministério Público que serão feitas reformas na CPPL 1 para melhorar a circulação de ar nas celas e que está realizando remanejamento dos presos para evitar superlotação, com a chegada da população carcerária de cadeias do interior do Estado. Segundo a Corregedoria de Presídios, as vistorias continuarão ocorrendo semanalmente nas unidades prisionais da Região Metropolitana de Fortaleza.

    SEMANA DO DESCONTÃO NA MOVELETRO




    Ataques no Ceará teriam causado queda de 56% nos homicídios


    De forma semelhante ao acordo de paz firmado entre facções criminosas em 2016, a onda de ataques às cidades cearenses, também deflagrada por essas organizações, voltou a influenciar as estatísticas de homicídios no Estado. A trégua na disputa por territórios, que passou a 'vigorar' durante o atual ciclo de atentados, iniciado no último dia 2, é um dos fatores considerados para a redução de 56% nos assassinatos deste janeiro.

    Entre os dias 1º e 13, foram 108 homicídios no Estado. No mesmo intervalo de 2018, foram 243 mortes. A média diária caiu de 19 para 8. Já em comparação com dezembro de 2018, no mesmo período de dias, a queda foi de 23%. No mês passado, foram 141 assassinatos. Houve, em média, 18 ocorrências por dia.

    As informações de janeiro vigente foram obtidas junto a fontes da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Os números podem sofrer leves alterações futuras, para mais ou para menos, pois não estão consolidados e não há confirmação de que foram retiradas as mortes por intervenção policial, que possuem excludente de ilicitude e não integram as estatísticas dos meses anteriores. Já os dados de 2018 estão publicados no site da pasta.

    Ouvidas pelo O POVO na condição de anonimato, fontes ligadas à cúpula da Segurança reconhecem, e especialistas concordam, que os acertos estão influenciando nas estatísticas. Há, contudo, diferenças de finalidade.

    Em 2016, quando houve redução de 15,2% nos homicídios com relação a 2015, com queda de 4.019 para 3.407 mortes, os objetivos eram "mercadológicos", voltados para o tráfico de drogas. Chamado de "pacificação", o pacto de não agressão permitia, por exemplo, a livre circulação de moradores entre bairros que antes eram considerados rivais.

    Desta vez, houve uma trégua na guerra entre facções. Os ataques mútuos cessaram para que o enfrentamento ao Estado fosse priorizado, mas o predomínio e controle dos territórios, bem como as regras e restrições, permanecem.

    "Qual intervenção está ocorrendo nas comunidades, além do aumento da presença policial? É só Polícia, muita saturação. Os criminosos sabem que correm risco. Quem vai ficar na rua contra o Estado armado? Ninguém. Eles entendem isso e recuam. Há uma trégua, mas não acordo de paz", detalha uma das pessoas ouvidas pelo O POVO.

    Até o fim da semana, cerca de 850 homens da Força Nacional, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, além de militares de outros estados, reforçarão a segurança no Ceará. São equipes táticas que atuam em escalas alongadas, em regime diferenciado, aumentando a presença policial nas ruas, com o objetivo de coibir novos ataques e elevar a sensação de segurança.

    "As facções estão se unindo, em determinado sentido, contra o Estado. E por isso elas param de se matar. Isso prova que é muito complicado o Estado intervir quando eles estão se matando entre si. A situação é complexa", admite outra fonte.

    Um terceiro especialista alerta para o risco de novo conflito, assim como houve em 2017, caso a situação seja estabilizada dentro das pretensões do Governo. Neste cenário, os territórios nas comunidades se tornarão ainda mais valiosos diante da perda do controle no interior dos presídios, que também funcionam como formas de arregimentar novos membros pelas organizações criminosas.

    Prisões

    As ações de policiamento ostensivo e investigações da Polícia Civil, durante o atual ciclo de ataques, já levaram à prisão ou apreensão um total de 375 pessoas, até a tarde de ontem.

    Medidas

    Nos próximos dias, a expectativa é de aumento ainda mais significativo das forças policiais nas ruas, para além dos reforços externos, pois já estão em vigor as leis anunciadas pelo governador Camilo Santana (PT) que têm exatamente este objetivo.

    O pacote de medidas de enfrentamento à violência e combate ao crime organizado, sancionado no último domingo, foi publicado no Diário Oficial do Estado e inclui a convocação de policiais militares e bombeiros militares que estão na reserva para auxílio à tropa em operação.

    Também está previsto o aumento da quantidade de horas extras, de 48 horas para 84 horas mensais, que podem ser pagas a todos os policiais civis e militares, além dos bombeiros e agentes penitenciários, aumentando da força de trabalho do Estado. Com informações O Povo.

    Filha mata pai com veneno para carrapato em visita à UTI

    Um homem de 60 anos morreu após receber uma injeção de carrapaticida nessa terça-feira (15). A vítima estava internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do hospital Giselda Trigueiro, em Natal. A filha é suspeita de ter cometido o crime durante visita ao leito, segundo informa o UOL.

    De acordo com a equipe médica, o tubo do soro havia mudado de cor e houve odor no ar. Uma seringa e o frasco do veneno foram encontrados na lixeira próximo ao leito.

    A suspeita foi presa em flagrante e confessou o crime. Ela disse que comprou veneno para injetar no pai.

    "Ela disse que sentia que o pai estava sofrendo muito e resolveu comprar o produto numa casa de ração para aplicar no soro. Depois que ela injetou o veneno, o aparelho que media a frequência cardíaca da vítima começou a avisar que os batimentos estavam acelerados. Ela se desesperou e chamou a equipe médica", disse o delegado Roberto Andrade, da DHPP (Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa).

    O material foi recolhido pelos peritos do Itep-RN (Instituto Técnico-Científico de Pericia do Rio Grande do Norte). "A acusada contou que pensou em desistir, mas foi em frente porque acreditava que o pai queria morrer", disse o delegado.

    O homem era portador do vírus HIV e tinha tuberculose. O corpo da vítima será submetido a exame para apurar o que causou a morte.

    A filha foi indiciada por homicídio qualificado pela falta de defesa da vítima e deve ser transferida para uma unidade prisional do Rio Grande do Norte.

    CEARÁ: Penitenciárias têm vigilância reforçada após mudança de gestão

    As mudanças dentro das unidades penitenciárias do Ceará, que se refletiram na série de ataques deste o início do ano, impactaram no regime diário dos internos. Limpeza, capinação e vistorias mais próximas foram implementadas pela nova gestão da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), segundo o Sindicato dos Agentes e Servidores Públicos do Sistema Penitenciário do Ceará (Sindasp), contribuindo para a disciplina. Uma vistoria recente do Ministério Público Estadual (MPCE) também considerou "tranquila" a situação em duas grandes penitenciárias da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).

    "As unidades foram retomadas e estamos fazendo a limpeza de materiais ilícitos. Os presos estão colaborando, capinando os arredores dentro dos complexos, limpando as celas. Tá tudo andando muito bem lá dentro", declara o presidente do Sindasp, Valdemiro Barbosa.

    Na primeira semana de 2019, a SAP retirou cerca de 600 aparelhos celulares e centenas de TV's das celas em duas Casas de Privação Provisória. O representante critica a presença dos aparelhos "com autorização dos antigos gestores".

    Já materiais ilícitos, como celulares, armas de fogo e armas artesanais adentravam o sistema "por um conjunto de deficiências na fiscalização, como equipamentos obsoletos e carência de guarda externa".

    Agora, segundo Valdemiro, está em prática a chamada "vigilância aproximada", com agentes dentro das "ruas", durante todo o dia, fiscalizando os presos, fazendo as "movimentações corretas" e vistorias antifugas.

    A aparente tranquilidade no sistema também foi atestada por membros do Núcleo de Investigação Criminal (Nuinc) e da Promotoria de Justiça de Corregedoria de Presídios e Penas Alternativas, do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE). No último dia 10, eles fizeram fiscalização surpresa na Unidade Prisional Agente Luciano Andrade Lima (CPPL 1) e na Casa de Privação Provisória de Liberdade Professor José Jucá Neto (CPPL 3), ambas em Itaitinga.

    Divisão

    Conforme o MPCE, o acesso à água, alimentação, higiene, vestuário e atendimento médico e odontológico está garantido. Em alguns espaços, ocorria manutenção, com pinturas, pequenas reformas e dedetização. "Todas as celas visitadas estavam limpas e nenhuma reclamação de maus-tratos foi expressada pelos presos", informou o órgão. Os detentos também vestiam uniformes. A comitiva ainda salientou que teve acesso "aos presos de todos os pavilhões e nenhuma irregularidade foi encontrada".

    De acordo com Valdemiro Barbosa, o que está em curso atualmente é a divisão "como manda a Lei de Execução Penal", separando presos provisórios dos condenados e pelo tipo de crime. "Errado era o que existia no passado", diz, referindo-se à divisão dos presos por facção criminosa.

    Ao Ministério Público, a gestão prisional informou que está "realizando remanejamento dos presos para evitar superlotação", com a chegada da população carcerária de cadeias do interior. Dezenas de equipamentos vêm sendo desativados pelo Governo, com a transferência de presos. Com informações Diário do Nordeste.

    MORTE NO SHOPPING: Vítima morta pelo ex-companheiro tinha sido chantageada


    Lidiane Gomes da Silva (22), assassinada nesta terça-feira (15), foi chantageada anteriormente pelo ex-companheiro, Alighiery Silva de Oliveira (25), autor do assassinato da vendedora. O crime aconteceu dentro da loja de um shopping em Maracanaú, Região Metropolitana de Fortaleza. 

    Conforme diálogo da vítima com um amigo em um aplicativo de mensagens instantâneas, Lidiane terminou o relacionamento após uma conversa. "Ele falou um monte, fez chantagem me ameaçou", disse a vítima. "Mas hoje ele está mais conformado", completou. Ainda segundo a mulher, Alighiery telefonou algumas vezes após o episódio, mas ela não atendeu. 

    "Eu disse que se ele não parasse, faria um Boletim de Ocorrência contra ele", contou ao amigo. "Ele se acostuma", disse a vítima. O amigo da vendedora ainda a alertou sobre o perigo da situação. "Eu já vi muitas histórias assim não acabarem bem", comentou. Lidiane citou que Alighiery tinha uma filha de dois anos e estava voltando com a ex-mulher. "Isso me alivia muito", desabafou. 

    Alighiery era funcionário terceirizado no 24º Distrito Policial e roubou uma arma na unidade para cometer o crime, segundo informações da Polícia Civil. 

    Em nota, o North Shopping Maracanaú informou que tomou conhecimento do ocorrido em uma das lojas e isolou a área próxima ao incidente. "O shopping afirma ainda que acionou o mais rápido possível as autoridades competentes e que segue prestando todo o suporte necessário para o esclarecimento dos fatos. O estabelecimento transmite sua solidariedade aos familiares dos envolvidos e reforça que seguirá prestando todo o suporte necessário aos entes das vítimas. O North Shopping Maracanaú reitera que funciona normalmente", disse o comunicado.