quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Estudante é morta na volta da escola e assassinatos de mulheres chegam a 382 no Ceará em 2018

Subiu para 382 o número de mulheres assassinadas no Ceará em 2018. Nas últimas 24 horas, mais dois crimes do gênero foram registrados no estado, ambos na Grande Fortaleza. Na Capital, uma garota foi executada no Conjunto Prefeito José Walter. Em Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) uma estudante de 19 anos de idade acabou sendo assassinada a tiros quando voltava da escola. Até agora, nenhum suspeito dos dois casos foi preso.

Era por volta de 15h58, quando a jovem Karine Isidoro da Costa, 19, foi executada, a tiros, na Rua Lateral Sul, no limite dos bairros Santo Sátiro e Acaracuzinho, em Maracanaú. Segundo a Polícia, os assassinos estavam à bordo de um automóvel e preparavam uma emboscada. Sabiam previamente que a garota iria passar pelo local na volta para casa depois das aulas.

Karine recebeu o primeiro tiro nas costas e ainda correu em busca de um abrigo para sobreviver, mas tombou na rua e recebeu mais tiros na cabeça, sendo fuzilada pelos atiradores. Os criminosos fugiram rapidamente sem deixar pistas.

Policiais do 14º BPM e do 20º DP (Acaracuzinho) estiveram no local, isolaram a cena de crime e aguardaram a chegada das equipes da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) e do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Outro caso

Por volta de 23h04, uma mulher foi assassinada, a tiros, no bairro Conjunto Prefeito José Walter. A Polícia não revelou o nome da vítima. O caso foi registrado no plantão do 30º DP (Conjunto São Cristóvão), já na madrugada desta quinta-feira (18).

No dia 12 de setembro outra jovem foi morta no mesmo bairro. Seu corpo foi encontrado esquartejado e deixado dentro de um carrinho de material reciclável numa esquina. A vítima foi identificada como Maria Daiane Maia Alves, 23 anos.

Também no José Walter, o corpo de uma mulher foi resgatado esquartejado dentro de uma fossa no quintal do galpão de uma empresa. O vigia do prédio confessou o crime passional. A vítima era sua companheira, Maria Eliane Nascimento dos Santos, 41 anos. O caso ocorreu no dia 17 de julho.

Balanço

Com 382 casos de assassinatos de mulheres entre janeiro e outubro, o Ceará pode bater seu próprio recorde de crimes do gênero neste ano. Somente neste mês, já são 16 assassinatos em 17 dias.

Fonte: Ceará News 7