quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Bolsonaro anuncia astronauta Marcos Pontes como ministro da Ciência e Tecnologia

O presidente eleito Jair Bolsonaro anunciou no Twitter nesta quarta-feira (31) que o astronauta Marcos Pontes será o ministro da Ciência e Tecnologia em seu governo.

"Comunico que o Tenente-Coronel e Astronauta Marcos Pontes, engenheiro formado no ITA, será indicado para o Ministério da Ciência e Tecnologia. É o quarto Ministro confirmado!", escreveu.

Além de Pontes, Bolsonaro já havia anunciado o deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS) para a Casa Civil; Paulo Guedes, para o futuro Ministério da Economia; e o general Augusto Heleno, para o Ministério da Defesa.

Na segunda-feira (29), Pontes já havia se manifestado sobre o convite de Bolsonaro. Em um vídeo publicado no Facebook, ele disse que está "muito feliz" pela "oportunidade de participar deste novo governo em uma área que tem sido a minha vida por 41 anos".

Ele também afirmou que as áreas de ciência e tecnologia devem buscar inovações específicas para a realidade brasileira.

"Como sempre digo, educação para formar cidadãos qualificados; ciência, para desenvolver ideias e soluções específicas para o Brasil; tecnologia, para transformar essas ideias em inovações, que vão se transformar em novos produtos. Estes vão se transformar em novas empresas, que vão gerar novos empregos. Esse ciclo virtuoso é o que a gente quer criar aqui no Brasil", disse.

Carreira

Marcos Pontes ficou conhecido no Brasil e no mundo como o primeiro e único astronauta brasileiro a ir para o espaço. Durante 40 anos de carreira, Pontes foi aviador, piloto de caça e seguiu carreira militar, chegando ao posto de tenente-coronel.

Às 23h30 do dia 29 de março de 2006 (no horário de Brasília), Pontes entrou para a história como o primeiro brasileiro a voar para o espaço. Acompanhado do russo Pavel Vinogradov e do norte-americano Jeffrey Williams, ele decolou da base de Baikonur, no Cazaquistão, a bordo da nave russa Soyuz-TMA 8, com destino à Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês).

Atualmente, é Embaixador da Boa Vontade na Organização das Nações Unidas (ONU), dá palestras e trabalha na Nasa, a agência espacial norte-americana.

Segundo o perfil publicado no site de Pontes, ele é engenheiro aeronáutico formado pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) e mestre em Engenharia de Sistemas pela Naval Postgraduate School, Califórnia, EUA.

Pontes entrou na Força Aérea Brasileira em 1981 e foi instrutor, líder de esquadrilha de caça e piloto de testes, com mais de 2 mil horas de voo em 25 tipos de aeronave.

O currículo do futuro ministro registra que suas funções militares se encerraram em 1998, quando ele foi selecionado por concurso público da Agência Espacial Brasileira para representar o Brasil na NASA na função de astronauta, uma carreira civil. Com informações do G1
--:--/--:--
--:--/--:--

Polícia encontra cabeças de vítimas na Lagoa do Urubu e prende suspeitos dos crimes, em Fortaleza

A polícia encontrou quatro cabeças de vítimas decapitadas, sendo três de homens e uma de mulher, às margens da Lagoa do Urubu, na divisa dos bairros Álvaro Weyne e Padre Andrade, em Fortaleza. Dois suspeitos dos crimes foram presos nesta quarta-feira (31).

Na mesma região, três corpos decapitados de homens e um de mulher foram encontrados nesta terça-feira (30). A suspeita da polícia é de que as cabeças pertençam a essas vítimas. A informação só pode ser confirmada após exames periciais.

Os presos são suspeitos de participar do crime contra as três vítimas do sexo masculino. Um deles informou à polícia que o crime foi motivado por rivalidade entre facções criminosas. "Cortei a cabeça dos três quando eles já estavam mortos. Cortamos com faca", disse um deles, ainda não identificado, quando interrogado por militares.

Outros oito criminosos estariam envolvidos nos assassinatos. Até o momento, nenhum suspeito pela morte da mulher foi capturado. Com informações da G1 Ceará

Agricultores de Acopiara e outros 3 municípios são dispensados de pagamento das sementes

Os agricultores que receberam as sementes no início deste ano do programa Hora de Plantar estão isentos do pagamento ao governo do Estado. 

Na região Centro-Sul do Ceará o benefício será para os municípios de Iguatu, Quixelô, Acopiara e Catarina, porque tiveram perdas na safra superiores a 50 por cento. 

O secretário de Agricultura de Iguatu, Hildernando Barreto, disse que a medida era necessária, pois a maioria dos produtores rurais plantou e não colheu por causa da irregularidade das chuvas. “Tivemos um inverno atrapalhado, a maioria dos que agricultores perderam a safra”, pontuou. 

Em anos anteriores, devido às chuvas abaixo da média, houve também dispensa de pagamento das sementes. O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Iguatu, Evanilson Saraiva, também avaliou de forma positiva a dispensa de pagamento por parte dos agricultores. “Praticamente não tivemos safra, o milho e o feijão se perderam na roça”, disse. Com informações do Diário do Nordeste.

Ciro diz que foi “miseravelmente traído” por Lula e seus “asseclas”

O ex-ministro Ciro Gomes deu uma entrevista longa ao jornalista Gustavo Uribe, da Folha de S.Paulo que pode ser conferida nesta quarta-feira. Entre vários desabafos, ele, que foi o terceiro colocado na eleição presidencial, diz que foi “miseravelmente traído” pelo ex-presidente Lula e seus “asseclas”.

Ciro concedeu a entrevista em seu apartamento em Fortaleza nessa terça-feira (30). Foi a primeira fala dele desde a eleição de Jair Bolsonaro (PSL), Ciro nega ter lavado as mãos ao ter viajado para a Europa depois do primeiro turno. “A gente trai quando dá a palavra e faz o oposto”.

O pedetista critica a atuação do PT para impedir o apoio do PSB à sua candidatura e diz que considerou um insulto convite de Lula para assumir o papel de seu vice no lugar Fernando Haddad (PT).

Sobre disputa em 2022, reagiu: “Não. Quem conhece o Brasil sabe que você afirmar uma candidatura a 2022 é um mero exercício de especulação, porque a adrenalina não pacificou. Só essa cúpula exacerbada do PT é que já começou a campanha de agressão. Eu não. Tenho sobriedade e modéstia. Acho que o país precisa se renovar.” Com informações do Jornal O Povo.

Dupla rende funcionários e utiliza senhas para assaltar posto do Bradesco em Senador Pompeu

Dois homens assaltaram o posto do Bradesco de Senador Pompeu no início da tarde desta terça-feira (30). Segundo informações de funcionários da unidade bancária à Polícia Militar, um dos criminosos, se passando por um cliente, solicitou atendimento para utilizar o caixa eletrônico. O atendimento havia encerrado momentos antes, mas um bancário abriu a porta para atende-lo na área do caixa automático. O escriturário foi rendido e obrigado a adentrar a agência.

Após a rendição dos funcionários e de alguns clientes o assaltante pediu o apoio de um comparsa através do celular. A dupla obrigou o gerente do banco a lhe entregar as chaves dos dois caixas eletrônicos. Apesar de os terminais possuírem outra senha, de acesso às gavetas onde o dinheiro é armazenado, a dupla sabia a senha extra de um deles. Roubaram toda a quantia da maquina e em seguida amarraram os bancários. Após ameaça-los de morte alegando conhecerem suas famílias, fugiram.

Uma fonte da Polícia informou que os criminosos realizaram o assalto sem o uso de máscaras. Eles aparentavam saberem toda a rotina do posto bancário. As câmeras instaladas no prédio não estavam funcionando. Aproximadamente R$ 500 mil foram roubados. A informação não foi confirmada oficialmente. O banco também não revela detalhes. A Polícia Civil começou a investigar o roubo. Há suspeita de participação de funcionários da rede bancária no assalto. Com informações do diário do Nordeste.

ACOPIARA: PREFEITURA INVESTE EM BIBLIOTECAS

A Prefeitura de Acopiara, através da equipe da secretaria da Cultura, Esporte e Juventude realizou na manhã desta quarta-feira, 31 de outubro, no Gabinete, uma reunião com os funcionários das Bibliotecas municipais da sede e dos distritos de Trussu e Ebrom, para a entrega de novos livros de diversos gêneros para compor o acervo cultural. As bibliotecas dos distritos receberam 150 livros cada uma, que servirão de pesquisas escolares e para pesquisas individuais de acordo com o interesse das comunidades.

O prefeito Antônio Almeida Neto vem investindo cada vez mais na cultura do município, sempre dando o apoio necessário para que a população acopiarense tenha acesso ao conhecimento e à informação através da leitura.


Ministério do novo governo deverá ter até 16 pastas

O governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), começou a tomar forma ontem no Rio, em reunião na casa do empresário Paulo Marinho. Integrantes do grupo de transição decidiram que os ministérios serão no máximo 16, pela fusão ou extinção de pastas.

Haverá um superministério da Economia, juntando Fazenda, Planejamento e Indústria, Comércio Exterior e Serviços. Agricultura e Meio Ambiente também serão fundidos. As propostas já estavam no desenho original do programa apresentado na campanha, mas foram repensadas na semana passada, após Bolsonaro ter recebido críticas.

O coordenador do governo de transição, deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS), afirmou que os ministérios serão "15 ou 16". Onyx não deu nomes de novos ministros e apenas reforçou que o ministro da Economia será Paulo Guedes, o general Augusto Heleno ficará no Ministério da Defesa e ele, na Casa Civil. A previsão é de que Bolsonaro anuncie mais nomes na Segunda-feira.

"O presidente já tem uma lista de nomes (de ministros) e está fazendo a definição final. Acredito que nos próximos dias, Bolsonaro deva liberar mais alguns nomes. Na segunda-feira, o presidente, depois de tomar decisão, vai nos permitir divulgar toda a estrutura", afirmou Lorenzoni à tarde, na porta da casa do empresário Paulo Marinho, no Jardim Botânico, zona sul do Rio, onde Bolsonaro chegou por volta de 10h30 para a reunião. Ao deixar o local, o futuro ministro-chefe da Casa Civil negou que Bolsonaro tenha voltado atrás na decisão sobre fusões de ministérios.

Lorenzoni confirmou que vai nesta quarta-feira, 31, a Brasília para a reunião com o atual chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha. O encontro dará início ao processo de transição do governo. Lorenzoni informou ainda que Bolsonaro deverá ir a Brasília na terça-feira. Ele afirmou que este será um governo "de absoluta união" e que irá trabalhar em sintonia.

O ex-presidente do PSL, Gustavo Bebianno, disse que há "um nome muito forte para Educação", mas que ainda está sendo estudado quem irá para a pasta da Saúde. "Ninguém está com pressa para indicar nada. O governo só começa em 1.º de janeiro. Agora preocupação é montar equipe de mais linha de frente, digamos assim, e depois é começar o trabalho", afirmou.

Unificação

Outra ideia discutida na reunião, segundo o vice-presidente eleito, Hamilton Mourão (PRTB), foi unificar Educação com Esporte e Cultura. Mourão disse que, no entanto, pastas tradicionais deverão permanecer com atuação isolada, como é o caso de Saúde, Trabalho e Minas e Energia.

"Tem ministério tradicional que não pode acabar e não se pode juntar três ou quatro coisas pra virar um Frankenstein. Tem de ter harmonia na junção", comentou Mourão. Questionado se o Banco Central perderia o status de ministério, o general explicou que o BC "vai ser independente e, com isso, não será mais ministério". As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Três corpos decapitados são encontrados às margens de lagoa

Três corpos decapitados foram encontrados por volta das 21h desta terça-feira (30) às margens da Lagoa do Urubu, que fica no limite dos bairros Álvaro Weyne com Padre Andrade, zona oeste da Capital.

A Polícia acredita que as cabeças das vítimas foram levadas pelos criminosos. Ainda segundo a PM, os assassinatos aconteceram em outro local e os corpos foram levados para a Lagoa do Urubu.

Na manhã do mesmo dia, o corpo de uma mulher foi encontrado no mesmo local e na mesma situação que os três corpos achados durante a noite. A população está aterrorizada visto que já são quatro corpos decapitados deixados no mesmo lugar em menos de 24 horas.

As vítimas encontradas na noite desta terça foram mortas a facadas. Como estavam sem as cabeças, houve dificuldade na identificação dos corpos, mas uma mulher, com coletes à prova de bala, estava dando informações aos investigadores do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O nome dela e sua relação com o caso não foram divulgados.

A Polícia confirma que dois carros, um Corsa preto e um outro veículo branco, foram usados pelos criminosos para deixar os corpos no local.

Pelo menos oito homens ocupavam os dois carros usados para transportar os corpos até as margens da lagoa. A Polícia quer saber agora qual a ligação entre o homicídio da mulher que foi decapitada e encontrada mais cedo no local e o triplo homicídio registrado na noite desta terça-feira (29).

Fonte: Diário do Nordeste

GOVERNO FEDERAL: Guedes anuncia superministério da Economia e fusão de Agricultura com Meio Ambiente

O futuro ministro de Jair Bolsonaro (PSL), o economista Paulo Guedes, anunciou nesta terça-feira, 30, a junção de ministérios. Assim, conforme o portal de notícias Uol, as pastas ficarão organizadas da seguinte maneira: Fazenda, Planejamento e Indústria e Comércio virarão ministério da Economia.

Já Agricultura e Meio Ambiente transformam-se em único ministério, com nome ainda não anunciado.

Manchete da publicação carioca O Globo no último dia 25 noticiou que Bolsonaro poderia recuar da decisão de reduzir os ministérios por meio desta fusão.

Conforme o G1, ele teria recebido empresários do agronegócio e dado sinais de abandono da junção. Ele também encontrou resistências por parte de ambientalistas, que alegaram que a retirada da pasta do Meio Ambiente causaria danos irreversíveis.

Nomes confirmados

O presidente eleito já tem confirmado Paulo Guedes na Economia, o general Augusto Heleno (PRP) na Defesa, o deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM) na Casa Civil e o astronauta Marcos Pontes na Ciência e Tecnologia.

Fonte: O Povo

Grupo explode agência bancária em Monsenhor Tabosa; ataque é o 37º do ano no Ceará, segundo sindicato

Bandidos armados explodiram, na madrugada desta quarta-feira (31), uma agência bancária da cidade de Monsenhor Tabosa, no Sertão Central do Ceará. De acordo com a Polícia Militar, a ação aconteceu por volta das 3h30. Segundo o Sindicato dos Bancários do Ceará, este é o 37º ataque contra bancos em 2018.

Com a explosão, a agência que é a única que existe na cidade ficou destruída. A população relata que acordou assustada com os tiros e a explosão. “Ouvi um barulho de tiro e logo logo esses tiros se intensificaram. Foi mais de meia hora de tiro. Eles destruíram o banco, detonaram”, disse um morador que não quis se identificar.

Enquanto uma parte do grupo atacava a agência, outra atirava contra o destacamento da Polícia Militar.

Ataques recentes a bancos no interior

Nesta terça-feira (30) uma outra agência bancária foi invadida por uma quadrilha em Senador Pompeu, também no Sertão Central. O crime aconteceu durante o expediente bancário. Caixas e clientes foram roubados.

Polícia Militar ainda estava em diligência à procura da quadrilha. em Monsenhor Tabosa. Ainda não se sabe se houve dinheiro furtado e qual a quantidade.

Fonte: G1

Prefeito e vice de Tianguá são cassados em menos de seis meses após eleição, mas seguem nos cargos

O prefeito de Tianguá, José Jaydson Saraiva de Aguiar, e o vice, Mardes Ramos de Oliveira, vitoriosos na eleição suplementar em junho deste ano, tiveram os diplomas cassados por unanimidade pela Corte do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE), em sessão realizada nesta terça-feira (30). Segundo o órgão, os gestores permanecem nos cargos até confirmação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Em 22 de maio, um dia após o deferimento do registro de candidatura de José Jaydson e Mardes Ramos para as eleições suplementares do dia 3 de junho, o TRE-CE julgou Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE). Os juízes mantiveram pena de inelegibilidade por oito anoscontra José Jaydson, por abuso de poder econômico e político, quando disputou as Eleições de 2016. Na sessão do dia 11 de junho, entretanto, o Tribunal entendeu que no momento do pedido de registro “não havia situação de inelegibilidade e, portanto, manteve válida a candidatura”.

Instabilidade

Tianguá passou por novas eleições após o indeferimento do registro de candidatura do então prefeito Luiz Menezes de Lima e do vice Aroldo Cardoso Portela, durante as Eleições de 2016. Menezes foi considerado inelegível em Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) de 2008, com base na Lei da Ficha Limpa.

Ainda cabe recurso em mais um caso de instabilidade em municípios do interior cearense. Caso o TSE confirme a decisão, novas eleições serão realizadas em Tianguá e os cerca de 45 mil eleitores precisarão retornar às urnas. Com informações do Diário do Nordeste.