quarta-feira, 17 de outubro de 2018

ACOPIARA: VEJA ENTREVISTA COM O SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO ROBINHO ALMEIDA

No início da tarde desta quarta-feira (17) esteve concedendo entrevista no programa Jornal do Meio-Dia da rádio Carinhosa FM 91,1 de Acopiara, o Secretário de Educação Robinho Almeida. Na ocasião ele falou sobre os avanços na área da educação em nosso município e desmentiu boato de que a prefeitura teria recebido um novo Precatório. Vejam o vídeo:

CIDADÃO ACOPIARENSE DISTRIBUI LANCHES NO DIA DAS CRIANÇAS

Numa atitude maravilhosa e louvável, o cidadão Márcio Greik, resolveu pedir doações a amigos e assim fazer distribuição de lanches no Dia das Crianças nas comunidades mais carentes da cidade de Acopiara. 

Os bairros periféricos foram visitados e as crianças ganharam um lanche super saboroso que incluía refrigerantes, bolos e salgados.

Márcio Greik falou ao blog que viu muitas crianças passando fome nestes locais e que sabia que aquela seria a única comida do dia para elas. Fez de coração e que no próximo ano irá realizar novamente esse momento especial.

Parabéns Márcio, o Brasil precisa de pessoas assim, que olham para o próximo sem querer nada em troca.









ACOPIARA: EDUCAÇÃO EM SAÚDE

Uma equipe da Secretaria da Saúde, realizou no distrito de São Paulinho mais uma ação do projeto "Educação em saúde" com as gestantes do distrito. O tema abordado foi "cuidados com os recém-nascidos", desde a saída da maternidade, o primeiro banho, o estímulo a amamentação, entre outros assuntos. O encontro acontece mensalmente e é organizado por uma equipe da atenção primária da secretaria da Saúde e pelo CRAS da Vila Esperança.



ACOPIARA: FESTEJANDO COM SAÚDE

A Prefeitura de Acopiara, através da Secretaria da Saúde, em parceria com o curso de enfermagem da EEEP Alfredo Nunes de Melo realizou recentemente o evento "Festejando com saúde", em homenagem às crianças na UBS Rodoviária. 

Segundo a orientadora Carlânia Santos, uma das responsáveis pelo evento, cerca de 80 crianças e seus familiares participaram da comemoração, onde puderam aproveitar as brincadeiras oferecidas ao público. As crianças receberam brinquedos e lembrancinhas doados por empresários da cidade. Teve também distribuição de lanches para toda a criançada.






ACOPIARA: MUNICÍPIO GANHA O SELO VERDE

O município de Acopiara acaba de conquistar mais uma certificação Selo Município Verde edição 2017-2018 na categoria "C". Entre os 24 municípios premiados pelo Estado, a cidade de Acopiara através da equipe da secretaria do Meio Ambiente municipal irá receber a premiação "Selo Município Verde" da SEMA- Secretaria Estadual do Meio Ambiente em uma solenidade que acontecerá no dia 21 de novembro, no auditório do iate Plaza Hotel, em Fortaleza, a partir das 15 horas.

Lembrando que Acopiara já conquistou essa importante premiação quatro vezes, e todas elas foram conseguidas pelo atual prefeito Antônio Almeida Neto em suas gestões anteriores e a quinta conquista na sua atual administração.

Acopiara foi premiada em: 2007, 2008, 2011, 2012 e 2018.


Brasileiros têm cada vez menos filhos, revela estudo


Se for ter outro filho, não consigo manter o padrão de sustento. Para conseguir continuar trabalhando, preciso de uma retaguarda. E o custo é alto”, diz a gerente de unidade de negócios Ariane Mayer, de 35 anos, mãe de um filho só. Aos quase 10 meses, Theo ainda não sabe, mas será filho único. A decisão segue uma tendência brasileira das últimas décadas: as mulheres têm cada vez menos filhos.

Lançado globalmente nesta quarta-feira (17), o relatório Situação da População Mundial, do Fundo de População das Nações Unidas (Unfpa-ONU), mostra que a família brasileira tem uma média de 1,7 filho – na década de 1960, essa média era de 6 filhos. A taxa de fecundidade no Brasil é inferior à média da América Latina (2) e do mundo (2,5).

O estudo revela que o Brasil tem o menor índice de fecundidade na comparação com outros 11 países da região da América Latina e Caribe (República Dominicana, Costa Rica, El Salvador, México, Nicarágua, Argentina, Chile, Colômbia, Peru, Uruguai e Venezuela). A brasileira se torna mãe em média aos 26,4 anos.

Entre os três países com menor taxa de fecundidade, Chile e El Salvador empatam com 1,76 filho. A tendência deve se manter até 2020. “Essa taxa coloca o Brasil abaixo da taxa de reposição, que é de 2,1 filhos por mulher. Ou seja, a população deve decrescer (mais informações ao lado)”, explica Jaime Nadal, representante da Unfpa.

De acordo com ele, a expectativa é de um processo de envelhecimento da população “maior e mais acelerado”. “Hoje não só as pessoas têm menos filhos, como vivem mais”, afirma. Ele nota no Brasil dois cenários: casais e mulheres que estão fazendo a escolha de ter número de filhos abaixo do que gostariam de ter – por incapacidade de conciliar vida profissional e pessoal, por exemplo – e ainda mulheres que não podem fazer essa escolha porque não têm acesso a serviços de saúde pública e métodos contraceptivos para evitar a gravidez.

Nadal destaca que as mulheres com zero a 4 anos de estudo têm uma média de 2,9 filhos. As que possuem 12 ou mais anos de estudo não ultrapassam a taxa de 1,2 filho. Para ele, o maior desafio do poder público é dar às mulheres de todas as regiões, faixas de renda e escolaridade “o poder da escolha”. “Têm muito a ver com o direito de meninas e mulheres de completarem o ciclo educativo, viverem sem violência e respeitadas.”
Um filho

Ariane planejava ter um filho aos 35 anos. E teve Theo. Mesmo assim, foi um susto. “Não tive cabeça formada para ser mãe. Fui educada para ser independente, não depender de marido e ter a minha vida profissional”, conta.

Segundo ela, ao chegar aos 35, viu-se em um momento de definição. “Nessa fase, somos pressionados. E às vezes você está no auge da carreira profissional.” Para conciliar a vida profissional e pessoal, a gerente de unidade de negócios colocou o filho em período integral em uma escolinha. “Cuido o máximo que posso, mas também não com extremo. Lidando desse jeito, já sobrecarrega. Você precisa abrir mão da sua liberdade.”

Além disso, ela destaca o custo de manter um filho como impedimento principal para outra gravidez.

Três filhos

Já a analista de testes Danielly Jansen, de 32 anos, acabou engravidando três vezes: de Sophie, de 7 anos; Thales, de 3; e Benício, de 1 ano e 5 meses. “O Thales e o Benício nasceram de susto. Não tinha planejado.” E não foram gestações fáceis. Na gravidez da filha, Danielly teve descolamento de placenta e não podia se locomover. Precisou deixar o trabalho e largar os estudos. Depois engravidou de Thales. Teve depressão durante toda a gravidez. Em seguida, teve o terceiro filho: Benício. “Minhas amigas dizem que sou guerreira e corajosa por ter três filhos.”

Fonte: Diário do Nordeste

Camilo pede votos pra Haddad um dia após críticas de Cid


O governador reeleito Camilo Santana (PT) se manifestou um dia depois de o senador eleito Cid Gomes (PDT) fazer críticas pesadas ao Partido dos Trabalhadores (PT). Em vídeo publicado nas redes sociais nesta terça-feira (16), Camilo agradeceu aos eleitores e pediu apoio ao candidato Fernando Haddad (PT).

Gostaria de agradecer pelos quase 3,5 milhões de votos que recebi de vocês. Proporcionalmente, a maior votação de todo país. Sou muito grato pela confiança”, afirmou Camilo.

O governador destacou que o Brasil passa por um momento de decisão política e garantiu confiar em Haddad. “Tenho absoluta convicção de que Fernando Haddad é o mais preparado e o único capaz de promover o diálogo, o entendimento e a união de forças que o Brasil precisa para se desenvolver”.

Tensão

As declarações de Camilo foram feitas um dia depois do clima de tensão gerado pelo senador eleito Cid Gomes. Na noite da última segunda-feira (15), Cid fez críticas ao PT e chegou a chamar um militante de babaca.

No discurso, também sobrou para Camilo Santana. Cid afirmou que o petista só foi eleito pelo apoio que recebeu do PDT no Ceará.

“Eu votei, e o Camilo só foi governador com todos os méritos que ele tem, porque também não teria escolhido se não tivesse talento, se não tivesse competência, se não fosse amigo do povo, porque o PDT, compreendendo momentos políticos e sem ser partido hegemônico, apoiou a candidatura do Camilo”, alfinetou o pedetista.

O governador foi parceiro dos irmãos Cid e Ciro Gomes durante as campanhas de ambos.

Fonte: Tribuna do Ceará

Cid Gomes vai ao TSE para impedir que Bolsonaro use seu discurso na TV

O senador eleito pelo PDT no Ceará, Cid Gomes, recorreu ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) na noite desta terça-feira (16) contra o uso de sua imagem no programa eleitoral de Jair Bolsonaro (PSL).

O rival de Fernando Haddad (PT) na disputa presidencial levou ao ar na noite desta terça o desabafo que Cid fez contra petistas na segunda-feira (15).

A defesa de Cid, irmão de Ciro Gomes (PDT), diz que Bolsonaro lançou mão de "ardiloso artifício para tentar repassar à população fatos que não condizem com a realidade".

Os advogados do pedetista alegam que a campanha do capitão reformado infringiu a lei eleitoral porque não poderia transmitir propaganda com a imagem de candidato que pertence a partido que declarou apoio a outro.

Os representantes de Cid ainda afirmam que a campanha de Bolsonaro tenta "criar, artificialmente, estados mentais na população, na nítida tentativa de induzir o eleitorado à erro" e anexa à peça reportagens em que Cid declara voto no petista no segundo turno.

"A adoção desse tipo de publicidade, direcionando à classe menos informada ideia falsa, ou pelo menos incompleta, que poderá levar milhares de brasileiros à erro, tudo com o claro intuito de angariar, mesmo que de forma vil, o voto da população mais carente, deve ser reprovada!"

Na ação ao TSE, a defesa de Cid ainda reclama que a propaganda de Bolsonaro foi editada de modo a cortar trechos do discurso do senador eleito em que ele faz elogios a Haddad.

O programa do candidato do PSL começa com a voz de um locutor que diz: "Cid Gomes, irmão de Ciro Gomes, fala a verdade que o PT não aceita". Em seguida, a peça exibe trechos do discurso do pedetista em evento de apoio a Haddad, no qual ele diz que os petistas precisam fazer um "mea culpa" porque fizeram "muita besteira".

As imagens veiculadas pela equipe de Bolsonaro ainda exibem cena em que, diante da reação negativa da plateia, o pedetista diz: "É assim? Pois tu vai perder a eleição. Não admitir os erros que cometeram, isso é para perder a eleição e é bem feito. É bem feito perder a eleição".

Em outro momento, em resposta à reação da plateia que começou a gritar o nome de Lula, Cid protestou: "O Lula está preso, babaca. O Lula está preso. E vai fazer o que? Isso é o PT, e o PT desse jeito merece perder. Babaca, vai perder a eleição".
A campanha de Bolsonaro pretende repetir a peça nesta quarta (17).

Fonte: Diário do Nordeste

YouTube fica fora do ar em diversos países

O YouTube saiu do ar ou apresentou instabilidade na noite da última terça-feira (16) no Brasil e em diversos países segundo relatos publicados na página do Facebook do site. Há relatos de brasileiros, norte-americanos, australianos, marroquinos, entre outros. Em outras redes sociais, como Twitter e WhatsApp, os usuários reclamaram que o YouTube havia caído.

Em nota publicada no Facebook, o YouTube agradeceu os usuários pelos relatos da falha nos sites YouTube, YouTube TV, YouTube Music e YouTube Kids e informou que uma equipe da empresa já estava trabalhando para resolver o problema. 

À 0h, a conta do YouTube no Twitter publicou que o serviço tinha voltado ao normal.

"Estamos de volta! Obrigado por toda sua paciência. Se você continuar tendo problemas, informe-nos", escreveu a conta.

Fonte: Cnews

Cid Gomes: "Para o Brasil, o menos ruim é o Haddad"


Após criticar o Partido dos Trabalhadores (PT), o senador eleito Cid Gomes (PDT) voltou a falar sobre o apoio ao presidenciável Fernando Haddad (PT), a quem classificou como"infinitamente melhor que o Bolsonaro".Apesar disto, o ex-governador do Ceará voltou a pedir que o PT faça uma auto-crítica. 

"Eu não quero me vingar de ninguém. Para o Brasil, o menos ruim é o Haddad. Por isso penso que seria melhor que ele ganhasse", escreveu. Cid ponderou que o maior empecilho do partido é que "a maioria do povo brasileiro quer virar duas páginas do nosso passado recente", em alusão à polarização entre PT e PSDB. 

"Creio que a única forma de ajudar a evitar que essa ânsia popular de negação coloque o País numa aventura obscurantista seria uma profunda autocrítica da companheirada seguida de um encarecido e sincero pedido de desculpas; Na sequência, uma palavra firme do Haddad de que governará suprapartidariamente", completou. 

O governador Camilo Santana negou, em entrevista a um jornal local, que a fala de Cid Gomes tenha criado uma crise entre o PDT e o PT, que estão juntos no segundo turno. 

Em entrevista à Jovem Pan, o candidato Fernando Haddad comentou o episódio. "Eu sei que não é comigo o problema", disse o presidenciável, que lembrou ser amigo da família Ferreira Gomes. "Entendo essas arestas que têm que ser aparadas, mas meu respeito por eles continua o mesmo. Meu desejo de que eles participem da campanha continua o mesmo. Vamos seguir a vida", disse o petista.

Fonte: Cnews

Como votos em branco e nulos podem ajudar Bolsonaro

Pesquisa Ibope para Presidência divulgada nesta segunda-feira (15) mostrou o candidato do PSL Jair Bolsonaro com 59% dos votos válidos, seguido por Fernando Haddad (PT), com 41%. A diferença na intenção de votos é alta : são 18 pontos.

Dessa forma, Haddad precisaria não apenas atrair votos que foram para outros candidatos no primeiro turno, tarefa não tão fácil, mas convencer os brancos e nulos a mudarem de ideia.

Isso porque, na prática, esses votos ajudam quem está na frente na disputa. Como brancos e nulos não são contabilizados entre os votos válidos, facilitam a obtenção de maioria pelo líder nas pesquisas – assim como as abstenções.

Lembrando que para eleger um presidente, é preciso mais de 50% dos votos válidos, não do total da votação.

Neste ano, brancos e nulos somaram 8,79% do total de votos no primeiro turno. Em 2014, foram 10% e caíram para 6% no segundo. Já as abstenções, aquelas pessoas que nem aparecem para votar, foram maiores: foram 19% dos eleitores registrados no primeiro turno de 2014 e 21% no segundo.

De acordo com a última pesquisa Ibope, a intenção de nulos e brancos para o segundo turno é um pouco maior à registrada no primeiro, de 9%.

Fonte: Yahoo Notícias

IGUATU: HOMICÍDIO À BALA

Neste dia 15/10/2018, por volta das 20h30 min, a Polícia Militar foi informada sobre um homicídio ocorrido no Distrito de Alencar 15 km da sede deste município. A VTR 10291 compareceu ao local da ocorrência e constatou o fato identificando a vítima como sendo CICERO RODRIGUES VASCONCELOS, 32 anos, natural de Iguatu-Ce, residente na Rua Alto da Gangorra, Distrito de Alencar Iguatu-Ce. Segundo informações repassadas por seus familiares, o mesmo estava sentado na calçada quando foi atingido por um disparo de arma de fogo pelas costas, tendo morte imediata, não sabendo informar quem teria praticado este crime. A Polícia Civil foi informada bem como a Perícia Forense, para procedimentos cabíveis.

Fonte: 10º BPM de Iguatu

Longe de debates, Bolsonaro exalta Paulo Guedes no SBT

O candidato Jair Bolsonaro (PSL) concedeu entrevista exclusiva na noite desta terça-feira ao SBT. O presidenciável adotou um tom muito mais moderado do que o que marcou sua trajetória política e pregou pacificação.

Bolsonaro não se aprofundou em temas econômicos e, novamente, deixou claro que o economista Paulo Guedes irá se dedicar ao tema em seu governo. No entanto, ele pregou que não pretende aumentar impostos e que todos —inclusive os mais ricos— estão “sufocados”.

Ele também elogiou alguns de seus principais conselheiros como o astronauta Marcos Pontes. Ele também desmentiu que seu vice defendeu o fim do décimo terceiro. “Ele só criticou a estrutura remuneratória nossa era uma jabuticaba. Uma força de expressão. O que houve foi um excesso de da imprensa”, diz.

Ele também foi questionado pelo excesso de militares trabalhando em seu plano de governo. “Temos civis sim. O que acontece é que alguns estão esperando o resultado das eleições para não sofrer retaliações. A sociedade irá se surpreender positivamente”, declarou o candidato.

Sobre suas propostas para amenizar os altos índices de desemprego, Bolsonaro novamente disse que pretende ouvir o economista Paulo Guedes para tomar medidas que ajudem a aumentar a oferta de emprego. Atualmente, mais de 13 milhões de brasileiros sofrem com a falta de ocupação. O candidato ainda disse que “o brasileiro está sufocado” e que pobres e ricos estão na mesma situação.

Questionado sobre violência, Bolsonaro pregou a valorização dos policiais, mas não apresentou nenhum plano concreto além do “excludente de ilicitude” que livra agentes de segurança pública de processos por mortes cometidas durante o trabalho. Ele também revelou que indicaria alguém como juiz Sérgio Moro para o STF.

Ele também garantiu que irá fazer um governo marcado por privatizações. “Vamos partir para privatizações. Queremos diminuir o estado, mas vamos manter estatais em setores que consideramos estratégicos”, explicou.

Carlos Nascimento também falou sobre as impressões que o mundo tem tido sobre o candidato. Citou, inclusive, que ele é apontado um candidato de extrema direita que flerta com o fascismo. “Isso precisa ser desmistificado. Não sou nada disso. Esses rótulos que me colocaram durante a minha trajetória não correspondem a realidade”, argumentou.

Alegando limitações físicas, Jair Bolsonaro não confirmou presença em nenhum debate até o momento. Apesar disso, o candidato do PSL tem cumprido agenda de campanha, participando de encontros e concedendo entrevistas.

Nesta terça-feira, o SBT foi notificado pela justiça sobre o pedido da coligação “O Brasil Feliz de Novo” de Fernando Haddad (PT) para que entreviste o candidato petista caso seu adversário não compareça ao debate da emissora marcado para esta quarta-feira (17). Os advogados da candidatura petista argumentaram que Bolsonaro só aceita falar sozinho e prefere se esconder nas redes sociais a debater frente a frente com Haddad.

Nesta quarta-feira, Bolsonaro e Haddad trocaram farpas nas redes sociais. O petista citou o apoio da organização racista Ku Klux Klan a Bolsonaro e irritou o adversário que o chamou de poste. Bolsonaro também disse não aceitar o apoio da organização racista cujo líder David Duke afirmou que o vê “como um igual”.

Fonte: Yahoo Notícias

PF indicia Michel Temer e mais dez pessoas em relatório do inquérito dos portos

A Polícia Federal entregou nesta terça-feira seu relatório final sobre o inquérito dos Portos que investiga o presidente Michel Temer (MDB) ao STF. O ministro Luís Roberto Barroso —que é o relator do caso— despachou o documento para a Procuradoria Geral da República que tem até 15 dias para se pronunciar sobre o caso. Além do presidente, a PF indiciou também outras dez pessoas.

O inquérito dos Portos foi aberto pelo Supremo Tribunal Federal (STF) pelo antigo procurador da República, Rodrigo Janot após delação de executivos do grupo J&F que, entre outras coisas, denunciou o pagamento de propina a agentes públicos. Entre os possíveis beneficiados estão Temer e o seu ex-assessor, Rodrigo Rocha Loures. Desde de novembro de 2017, o delegado da PF, Cleyber Malta Lopes investiga se empresas do setor portuário pagaram propina em troca de um decreto presidencial. Temer nega que o decreto tivesse essa finalidade.

O decreto em questão ampliou de 25 para 35 anos o prazo de contratos de concessões de empresas portuárias, podendo chegar a até 70 anos. A defesa de Michel Temer se limitou a informar que ainda não teve acesso ao relatório da PF. Veja a lista dos indiciados:

1. Michel Miguel Elias Temer Lulia
2. Rodrigo Santos da Rocha Loures
3. Antônio Celso Grecco
4. Ricardo Conrado Mesquita
5. Gonçalo Borges Torrealba
6. João Baptista Lima Filho
7. Maria Rita Fratezi
8. Carlos Alberto Costa
9. Carlos Alberto Costa Filho
10. Almir Martins Ferreira

Fonte: Yahoo Notícias

terça-feira, 16 de outubro de 2018

BRASIL VENCE ARGENTINA COM GOL NOS ACRÉSCIMOS

A entrada de Brasil e Argentina em campo no King Abdullah teve ares de Libertadores, com bandeiras, um ou outro sinalizador e papéis picados. O fim do jogo teve fumaça, fogo e festa no banco do Brasil com o gol de Miranda, nos acréscimos, ao completar cobrança de escanteio de Neymar: a sexta assistência do atacante em quatro jogos depois da Copa do Mundo. Garçom e capitão, ele levantou seu primeiro troféu com a Seleção: o “Superclásico”. Início e fim empolgantes, mas o resto não cativou. A Seleção teve dificuldade em fazer seus principais jogadores renderem numa escalação surpreendente de Tite, com Gabriel Jesus e Firmino juntos pela primeira vez como titulares. Apesar do domínio técnico, a equipe fez menos do que costuma e deixou a mensagem da necessidade da busca de soluções. A Argentina sem Messi e outros protagonistas foi apenas uma seleção de lampejos, que recorreu às faltas para compensar o pouco talento. Graças a Miranda, o Brasil é campeão do “Superclásico”, torneio tão artificial quanto a festa com pitadas sul-americanas. Mas valem a estatística e a gozação com os hermanos, sem títulos, grandes, pequenos ou insignificantes, há 25 anos.

ACOPIARA: VEM AÍ PRA CRIANÇADA SHOW DO PATATI & PATATÁ COVER

A Prefeitura de Acopiara através da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social estará promovendo um dia incrível para as nossas crianças. Você é o nosso convidado especial!


Presos fazem rebelião na Delegacia Regional da Polícia Civil em Quixadá

Quinze presos recolhidos nas duas celas da área de custódia da Delegacia Regional da Polícia Civil em Quixadá iniciaram uma rebelião no início da tarde desta terça-feira. Estavam revoltados com a demora na transferência para as cadeias públicas de Quixadá e de Morada Nova. Eles atearam fogo em papelões utilizados para se deitarem e em sacos plásticos.

Os policiais civis tentaram controlar a situação. Por garantia os delegados Municipal e plantonista, Ícaro Coelho e Marcos solicitaram apoio da Polícia Militar. Equipes do Batalhão de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (Raio) utilizaram gás lacrimogêneo para controlarem os presos, que ameaçavam reagir com violência. Todos foram retirados das celas e mantidos no pátio interno até a fumaça se dissipar.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) também foi acionada para a Delegacia Regional. Nenhum preso, os policiais e nem o público que se encontrava na área de expediente passaram mal. Apenas os policiais e quem havia chegado para registrar boletim de ocorrência precisaram sair do prédio. O gás provoca irritação nos olhos e na garganta.

O delegado regional, Marcus Vinicius Damasceno, já havia solicitado e reiterado à Justiça da Comarca de Ibaretama, município vizinho a Quixadá, de onde são a maioria dos presos, os recolhimentos às unidades penitenciárias. Além de alguns deles integrarem facções criminosas rivais, a manutenção nas celas está prejudicando os trabalhos competentes à Polícia Civil.

A Corregedoria do Tribunal de Justiça do Estado também foi interpelada a dar destino aos presos, autuados em flagrante por tráfico, roubo e até estupro. A responsabilidade legal sobre eles compete ao Poder Judiciário, enfatizou o delegado regional.

Fonte: Diário do Nordeste

ACOPIARA: EXAMES EM ALUSÃO AO OUTUBRO ROSA

Ainda em alusão ao Outubro Rosa, a Prefeitura de Acopiara, através da Secretaria da Saúde, realizou na UBS da Vila Esperança, na última quinta-feira, dia 11, um mutirão de exames preventivos de câncer de colo uterino (Papanicolau) e exame clínico das mamas. Cerca de 22 mulheres realizaram os exames.


Após 90 dias, Funceme volta a registrar chuvas acima de 90 milímetros no Ceará

Uma chuva de 94 milímetros foi registrada, na noite desta segunda-feira (15), em Ararendá, município localizado na macrorregião de Ibiapaba, oeste do Ceará, conforme a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). Última vez que a Funceme registrou precipitações de 94 milímetros foi no dia 10 de julho no município de Pacatuba, na Região Metropolitana de Fortaleza.

De acordo com o supervisor da Unidade de Tempo e Clima da Funceme, Raul Fritz, as precipitações naquele município e nas áreas mais próximas aconteceram entre 19h e 22h de ontem, tendo influência de instabilidades em estados vizinhos.

“Nas últimas 24 horas, sob condições meteorológicas favoráveis e influência de um sistema frontal próximo ao sul do Nordeste, se intensificaram áreas de instabilidade atmosférica em algumas regiões nordestinas interioranas, tais como no centro-norte do Piauí e leste do Maranhão. Parte dessa instabilidade alcançou o oeste do Ceará, desde a Ibiapaba até os Inhamuns, ocasionando os eventos de chuva”, explica o meteorologista.

Além do registro em Ararendá, houve precipitações em mais de 10 municípios do Estado entre as 7h desta segunda e as 7h desta terça-feira (16), como aconteceu também entre o último domingo e ontem. Conforme dados parciais do Calendário de Chuvas da Funceme, as outras maiores precipitações foram em Ipaporanga (40 mm), Carnaubal (33,6 mm), Aiuaba (26 mm), Croatá (22,6 mm) e Santa Quitéria (22 mm). Novos dados podem chegar ao longo do dia.

Previsão para próximos dias

Para esta terça, o órgão estadual prevê mais eventos de chuva na região de Ibiapaba, além do Cariri, Sertão Central e Inhamuns. Nas demais áreas, céu parcialmente nublado.

Já para esta quarta-feira (17), há possibilidade de precipitações na faixa litorânea, na Ibiapaba e no Sertão Central e Inhamuns. Por fim, na próxima quinta-feira (18), a Funceme indica céu parcialmente nublado em todas as regiões cearenses.

Fonte: Diário do Nordeste

ACOPIARA: AÇÕES DO OUTUBRO ROSA

As ações do Outubro Rosa continuam acontecendo em nosso município. No último sábado, 13 de outubro, a secretaria da Saúde em parceria com a Policlínica de Iguatu realizou mais um mutirão de mamografias para mulheres a partir de 40 anos de idade. Os exames foram realizados na Policlínica Regional de Iguatu.

Segundo a coordenadora da Atenção Primária da secretaria da Saúde, Bárbara Tavares, cerca de 40 mulheres fizeram o exame de prevenção ao câncer de mama.



Bebê é internada após ingerir veneno para rato dentro de casa

Uma bebê de nove meses foi internada na Santa Casa de Franca (SP) na noite desta segunda-feira (15) após ingerir veneno para rato dentro de casa, no bairro Jardim Bom Sucesso. A mãe da menina, grávida de seis meses, passou mal ao saber do quadro da filha e também foi hospitalizada. O caso foi registrado no plantão policial.

Segundo informações da Polícia Civil, a mãe havia espalhado pastilhas pelo imóvel durante a tarde. À noite, uma prima da mulher viu a criança com um objeto na boca e percebeu que era veneno.

Elas levaram a criança até o pronto-socorro infantil, onde foi realizada uma lavagem estomacal. Ainda segundo a Polícia Civil, a médica informou que os exames feitos apontaram alterações no organismo da bebê e que há risco de hemorragia interna.

De acordo com a polícia, a criança foi encaminhada para a Santa Casa, onde está em observação. O estado de saúde dela não foi informado até a publicação desta matéria.

Fonte: G1

Governo Temer tem aprovação de 5% e reprovação de 74%, diz pesquisa Ibope

Pesquisa Ibope divulgada nessa segunda-feira (15) mostra os seguintes percentuais de avaliação do governo do presidente Michel Temer (MDB):

Ótimo/bom: 5%
Regular: 19%
Ruim/péssimo: 74%
Não sabe/não respondeu: 2%

Na pesquisa anterior do Ibope, divulgada em 6 de outubro, 79% consideravam o governo “ruim/péssimo”; 15%, “regular”; e 4% o avaliavam como “bom/ótimo”.

A pesquisa ouviu 2.506 eleitores entre o sábado (13) e o domingo (14).

O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

Maneira de governar

A pesquisa também avaliou a opinião dos entrevistados sobre a maneira de governar do presidente da República:

Aprovam: 8%
Desaprovam: 88%
Não souberam ou não responderam: 4%

Na pesquisa anterior, 90% desaprovavam e 7% aprovavam.

Sobre a pesquisa

Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos
Entrevistados: 2506 eleitores em 176 municípios
Quando a pesquisa foi feita: 13 e 14 de outubro
Registro no TSE: BR‐01112/2018
Nível de confiança: 95%
Contratantes da pesquisa: TV Globo e “O Estado de S.Paulo”

Fonte: Ceará Agora

Morre o repórter policial Gil Gomes aos 78 anos em São Paulo


Gil Gomes morreu aos 78 anos, nesta terça-feira (16), em São Paulo. O ex-repórter policial passou mal na segunda-feira (17) e foi encaminhado desacordado ao Hospital São Paulo, na zona sul da capital paulista, mas não resistiu. A informação foi confirmada pela família do jornalista.

Gil era portador de Parkinson e desde 2005 lutava para combater a doença degenerativa que o fez perder o equilíbrio, além de ter dificuldades de se mover e sofrer com tremores.

O jornalista era casado com Eliana Izzo, sua segunda mulher, com quem teve duas filhas — Flávia e Nathalie. Antes dela, Gil ficou por 14 anos com a escritora Ana Vitória Vieira Monteiro. Juntos, eles tiveram três filhos: Daniel, Vilma e Guilherme — que morreu ainda jovem vítima de uma hepatite C. O jornalista também deixou quatro netos.

Gil Gomes se tornou um dos grandes nomes do rádio e da televisão brasileira por seu trabalho no jornalismo investigativo. O ex-repórter iniciou sua carreira na extinta Rádio Marconi, na década de 1960. Entre os anos 1991 e 1997, Gil conquistou o grande público na televisão ao integrar o time de repórteres do extinto Aqui Agora, programa do SBT.

Na ocasião, ele chamou a atenção por conta da linguagem popular e da dramatização que fazia para narrar as reportagens sobre crimes. As aparições de Gil eram marcadas com um gesto característico que ele fazia com a mão.

Em 1999, o ex-repórter participou da Escolinha do Barulho, da RecordTV e também comandou um programa na Rádio Tupi.

O jornalista descobriu o Mal de Parkinson em 2005 e ficou afastado da televisão por 12 anos para tratar a doença. Em 2016, ele voltou ao trabalho quando recebeu o convite de um empresário, dono de uma farmácia, para comentar um programa patrocinado por uma rede de farmácias.

Na época, em entrevista ao R7, Gil comemorou o retorno. "Esse trabalho está me fazendo muito bem. Melhorou minha cabeça, meu entusiasmo, minha vontade de viver. Eu andava cabisbaixo, estive arrasado. Minhas pernas estão boas, mas não saia da poltrona."

Na mesma reportagem, ele também declarou que tinha vontade de trabalhar até o último dia de vida. "Quero continuar trabalhando, honrar o nome que tive, o nome que tenho e o nome que terei. Eu sou forte."

Fonte: R7

Camilo Santana nega crise após críticas de Cid Gomes ao PT

O governador Camilo Santana (PT) negou que o bate-boca de seu aliado, o senador eleito Cid Gomes (PDT), com militantes petistas, durante evento de apoio à candidatura de Fernando Haddad (PT), nesta segunda-feira (15), em Fortaleza, tenha provocado uma crise entre os dois partidos no Estado. 

Ao fazer o pronunciamento de abertura do evento, Cid, irmão de Ciro Gomes, que ficou em terceiro lugar na disputa presidencial, disse que, se a legenda petista não fizer um mea culpa no segundo turno, será "bem feito perder a eleição". Petistas que estavam no evento reagiram e houve uma troca de insultos com o senador, depois que ele chamou um militante de "babaca". 

Em entrevista ao Diário do Nordeste na manhã desta terça-feira (16), Camilo, no entanto, colocou panos frios sobre a situação. Ele evitou falar em crise entre o seu partido e o PDT, comandado pelos irmãos Ferreira Gomes, no Estado, aliados históricos aqui.

O governador reeleito já defendeu publicamente que o PT deve fazer uma autocrítica. Em junho deste ano, semanas antes do ex-presidente Lula - preso em Curitiba há mais de quatro meses após condenação no caso do tríplex - ter o seu pedido de registro de candidatura julgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Camilo afirmou que, caso o petista fosse impedido de concorrer ao pleito, o PT deveria apoiar a candidatura de Ciro Gomes.

Ao ser questionado se foi um erro de estratégia do PT não apoiar Ciro no primeiro turno, uma vez que Haddad aparece com 41% das intenções de voto, de acordo com pesquisa IBOPE, divulgada, nesta segunda, atrás de Jair Bolsonaro (PSL), com 59%, o governador se limitou a dizer que não vai discutir isso agora e que o foco é "trabalhar" no segundo turno em prol de Haddad. Para ele, a candidatura de Bolsonaro é um "desastre" para o Brasil.

"O que está em jogo aí não é PT, não é partido, não é A ou B, o que está em jogo é o Brasil e, na minha opinião, um desastre para o Brasil, o Bolsonaro. Primeiro, porque ele é antidemocrático, é reacionário, discrimina as pessoas. Respeito o direito de todo mundo votar livremente escolher os seus candidatos, mas é importante nesse momento a população fazer uma reflexão. Eu não quero que meus filhos tenham um presidente onde o símbolo dele é mostrar uma arma", frisou. 

Fonte: Diário do Nordeste

Ciro era a melhor estratégia para ganhar a eleição, diz petista Jaques Wagner

Coordenador da campanha de Fernando Haddad à Presidência, o ex-governador da Bahia e senador eleito Jaques Wagner afirmou, nesta segunda-feira (15), que a melhor estratégia para uma vitória na corrida presidencial seria o lançamento de Ciro Gomes (PDT) ao Palácio do Planalto.

Repetindo ser defensor de alternância de poder e do fim da reeleição, Wagner fez essa avaliação ao comentar uma proposta da senadora Katia Abreu que sugeriu a substituição de Haddad por Ciro Gomes para garantir a eleição.

Wagner disse que esse era um assunto superado, mas ressaltou sempre ter defendido um acordo com Ciro. Questionado, então, se essa seria a melhor estratégia para o campo de esquerda, Wagner concordou, sob o argumento de que a campanha de Jair Bolsonaro se resume ao ataque ao PT.

"O que eles têm a dizer? É anti-PT. É anti-PT".

Embora reconheça que o PT está estigmatizado, segundo suas próprias palavras, Wagner disse ter esperança de que o medo de Bolsonaro derrube resistências a Haddad neste segundo turno.

"Se as pessoas tiverem mais medo dele do que raiva do PT, podem votar no Haddad. Não precisa amar o PT".

Wagner disse ainda ter esperança de uma declaração de apoio mais contundente de Ciro: "Não vou jogar a toalha. Ele pode enviar um live de onde ele estiver", disse o ex-governador em referência ao fato de Ciro estar na Europa.

Wagner acrescentou: "Alguém me disse que ele voltaria antes e anunciaria o apoio mais contundente".

Segundo Wagner, Haddad defende a amplitude das alianças como saída para a situação.

Também integrante do comitê eleitoral petista, o tesoureiro do PT, Emídio de Souza, afirma que "essa campanha foi feita no submundo". Segundo ele, as fake news estão deformando a vontade popular e as autoridades não estão atacando sua matriz.

"A atuação do TSE está sendo frágil para combater o estímulo à violência na campanha. O TSE tem que coibir a fábrica de fake news", diz.

Fonte: Diário do Nordeste