terça-feira, 1 de agosto de 2017

Mulher é executada e outra baleada próximo a Terminal

Uma mulher foi assassinada a tiros, próximo ao Terminal de Ônibus do Siqueira, e outra foi baleada e correu para dentro do equipamento público, em uma ação criminosa na tarde de ontem, em Fortaleza.
De acordo com o supervisor do Comando de Policiamento da Capital (CPC), capitão J. Oliveira, um grupo chegou em um veículo e atirou contra as duas mulheres, que estavam juntas, por volta de 15h30. Amanda dos Santos Lopes, de 19 anos, morreu no local.
A outra mulher, que foi baleada - não identificada pela Polícia - correu para dentro do Terminal, foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levada ao hospital Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro.
Os tiros assustaram os usuários do transporte público que se encontravam no Terminal. A Polícia Militar foi acionada para reforçar a segurança do equipamento público e do entorno e realizar diligências pela área, em busca dos homicidas. Ninguém foi preso pelo crime, até o fechamento desta matéria.
Equipes da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da Polícia Civil, e da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) também estiveram no local para colher provas para a investigação do homicídio.
Vingança
Conforme o capitão Oliveira, a mulher sobrevivente teria sido responsabilizada, pelo grupo que a atacou, por ser a mandante da execução de um homem, também no bairro Siqueira, às 14h30 de ontem. O bando rival teria descoberto que ela encomendou o assassinato do comparsa e a teria procurado para fazer vingança. Ainda segundo o supervisor do CPC, os dois homicídios foram motivados pela briga entre facções criminosas, pelo domínio do tráfico de drogas.
Fonte: Diário do Nordeste