quinta-feira, 20 de julho de 2017

Menino de 11 anos processa a mãe porque levou um tapa e perde a ação



Uma criança de 11 anos abriu uma ação judicial contra a mãe porque ela lhe deu um tapa. O menino acabou perdendo, pois o tribunal da Corunha, na Espanha, entendeu que o ato foi "justificado" pelo comportamento da criança.
De acordo com matéria publicada nesta quarta-feira (19) pelo jornal El Mundo, a mãe deu um tapa no filho depois que ele se recusou a fazer o café da manhã e atirou o celular.
A criança justificou esta atitude dizendo que "estava ouvindo música no seu novo celular de primeira linha" e que não queria ser incomodado.
Este não teria sido, no entanto, o único incidente incluído no processo. A criança alegou ter sofrido abusos anteriores por parte da mãe, indicando que chegou a precisar de tratamento médico em algumas situações. O Ministério Público condenou a mãe a 35 dias de trabalho comunitário, além de proibir que ela se comunique com o filho por seis meses.
O juiz José António Vázquez Taín determinou, no entanto, que “os atos foram pontuais e devido a provocação por parte do menor”. O magistrado entendeu que a atitude da criança deve ser seguida por especialistas, pois precisa de “correção imediata”, uma vez que resiste às ordens dos pais ou de terceiros, podendo adotar comportamentos violentos.