quinta-feira, 20 de julho de 2017

Criança atropelada por coletivo morre

Uma criança de apenas cinco anos de idade, identificada como Jorchua Botelho, que estava na 'garupa' de uma motoneta, morreu atropelada por um micro-ônibus, após os veículos colidirem, na Avenida Padre Cícero, neste Município, por volta do meio-dia de ontem.
De acordo com a mãe do menino, eles estavam em uma motoneta, parados no semáforo, quando, ao saírem, foram colhidos pelo coletivo. "Assim que o sinal ficou verde, nós saímos pelo acostamento e eu senti a pancada da batida", contou a mulher. O menino usava capacete e um cinto de segurança infantil, mas não foi suficiente para resguardar sua vida. "Após a pancada, o micro-ônibus passou por cima do garotinho", acrescentou uma testemunha. O menino teve morte imediata.
Apesar do uso dos equipamentos de segurança, o transporte da criança era feito de forma irregular. Segundo o Código Brasileiro de Trânsito, é proibido "conduzir motocicleta, motoneta e ciclomotor transportando criança menor de sete anos ou que não tenha condições de cuidar de sua própria segurança".
A mãe da vítima sofreu apenas escoriações leves pelo corpo e foi atendida por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Jorchua era o único filho da mulher.
A Perícia Forense do Ceará (Pefoce) compareceu ao local para recolher o corpo da criança. De acordo com agentes do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran), foi feita uma perícia para identificar as causas do acidente.
Motorista
O condutor do micro-ônibus, de placas OCJ-5027, pertencente à Cooperativa dos Transportes Alternativos de Santana do Cariri (Coopertasc), permaneceu dentro do coletivo até a chegada da Polícia Militar, por medo de ser linchado por populares. O homem não quis conceder entrevista à imprensa.
Os policiais encaminharam o motorista à Delegacia Regional de Juazeiro do Norte, da Polícia Civil. Segundo o delegado plantonista, foi instaurado um inquérito para apurar o crime e o motorista foi liberado, em seguida.
Fonte: Diário do Nordeste