quinta-feira, 29 de junho de 2017

Bravo brilha nos pênaltis, Chile bate Portugal e vai à final da Copa das Confederações

O Chile está na final da Copa das Confederações. Em jogo contra Portugal, os sul-americanos levaram a melhor e vão disputar o título da competição com o vencedor do jogo entre Alemanha e México, que duelam nesta quinta-feira (29), às 14h30. 
O jogo terminou em 0 a 0, tanto no tempo normal, quanto na prorrogação. Durante as cobranças de pênaltis, o goleiro Claudio Bravo brilhou, pegando todas as cobranças portuguesas e garantiu a vaga na decisão pelo placar de 3 a 0 nas penalidades.
O jogo começou aberto, com as duas equipes finalizando bastante para o gol. A partir dos 35 minutos, a partida passou a ter poucas chances. Com o jogo morno, o placar se manteve inalterado e o duelo foi para o intervalo empatado em 0 a 0.
No segundo tempo, houve poucas chances claras. A primeira oportunidade de perigo veio apenas aos oito minutos, e foi chilena. Beausejour cruzou pela esquerda e encontrou Vidal dentro da área. O meia testou firme, mas mandou por cima, perdendo boa chegada.
Aos 26, Cristiano Ronaldo recebeu na entrada da área após contra-ataque e finalizou. A bola desviou na marcação e passou com perigo ao lado do gol.
Com a igualdade no placar, a partida foi para a prorrogação, mas o placar permaneceu inalterado. 
Nas cobranças de pênalti, Claudio Bravo brilhou e defendeu as cobranças de Quaresma, João Moutinho e Nani. Seus companheiros converterem todas para fechar a vitória em 3 a 0 e garantir a vaga na final.
A grande final da Copa das Confederações acontece no próximo domingo, às 15h (de Brasília), na Arena Zenit. Um pouco mais cedo, às 9h (de Brasília), a decisão pelo terceiro lugar ocorre no Estádio do Spartak.
Fonte: Cnews