segunda-feira, 27 de março de 2017

Preso da Lava Jato dorme no corredor por causa de 'flatulência'

O ex-tesoureiro do PP João Cláudio Genu, preso na carceragem da Polícia Federal desde maio do ano passado, dormiu durante semanas no corredor da prisão por ter crises de flatulência.

As informações são da coluna Esplanada, do site do jornal O Dia, deste domingo (26).
Genu, que também foi assessor do deputado federal José Janene, teve o problema de saúde após ser submetido a uma cirurgia bariátrica.
Ainda de acordo com o jornal, o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró também se envolveu em problemas na cadeia por ter urinado, acidentalmente, em objetos pessoais do lobista Fernando Baiano.
Fonte: Notícias ao Minuto