quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Camilo vai sair do PT para se filiar ao PSB

Camilo Santana anunciará em breve a sua saída do PT.  O governador articula sua filiação ao PSB. Como não pretende ir sozinho, está esperando o momento adequado para concretizar a mudança.
Camilo quer levar para o PSB petistas que perderam identidade com o PT, como Artur Bruno e Nelson Martins, que hoje são seus secretários no Governo.
Mas, por que ir para o PSB e não para o PDT de Cid e Ciro Gomes? Simples: para um governador, o melhor é ficar em um partido que não seja de oposição à aliança que hoje governa o Brasil.
A mudança de Camilo para o PSB explica a atitude do deputado estadual Heitor Férrer, que passou da condição de opositor para a de tocador de tarefas do interesse governista.
O PSB não é uma casa estranha a Camilo. O partido já foi durante anos o abrigo de seu pai, Eudoro Santana, quando deputado estadual de oposição aos governos de Tasso Jereissati e Ciro Gomes. Heitor mantém até hoje relações pessoais com Eudoro, que deixou o PSB em 2002.
Segundo informação de hoje do Blog do Estadão, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, já conversou com o governador do Ceará, Camilo Santana, sobre a mudança para seu partido, o PSB.
Filiado ao PSB, além de facilitar as suas relações com o Governo Federal, Camilo ficará livre para tentar levar o partido a apoiar a candidatura presidencial de Ciro Gomes, em 2018.
Fonte: O Povo