quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Em sete horas, mais de 1 milhão de ingressos são solicitados para a Copa


Como era esperado, o primeiro dia de vendas de entradas para a Copa do Mundo de 2014 apresentou uma grande procura. Segundo informações da Fifa, cerca de 1 milhão de ingressos foram solicitados por mais de 163 mil torcedores nas primeiras sete horas de cadastro no site da entidade. Os cinco países com maior quantidade de pedidos até o momento são: Brasil, Argentina, Estados Unidos, Chile e Inglaterra. A abertura na Arena Corinthians (mais de 168 mil) e a final no Maracanã (mais de 165 mil) aparecem como os jogos mais requisitados.

Mesmo com a grande demanda, a Fifa diz que o processo de cadastramento segue fluindo bem. Contudo, a entidade afirma que está em contato permanente com os responsáveis pelo site para saber se houve algum tipo de problema durante o pedido dos torcedores.


Durante esta primeira etapa, que vai até o dia 10 de outubro, todos os pedidos serão reunidos e processados conjuntamente ao final da etapa. Se o número de solicitações recebidas por produto e categoria exceder a quantidade de ingressos disponíveis, será feito um sorteio para determinar os contemplados.
Haverá segunda fase de vendas, dos dias 8 de dezembro a 30 de janeiro, reabrindo de 26 de fevereiro a 1º de abril. A última fase, caso haja disponibilidade, inicia em 15 de abril. Porém, desta vez, a ordem de chegada é fundamental para adquirir os bilhetes.
Para comprar as entradas ou se registrar para o sorteio, o torcedor precisa fazer um cadastro no site Fifa.com e iniciar o pedido para solicitar as entradas para os jogos da Copa do Mundo. Os torcedores terão à disposição bilhetes para todas as categorias e todos os confrontos do torneio, que acontecerá de 12 de junho a 13 de julho.
Durante a coletiva de apresentação dos preços, o diretor de marketing da Fifa, Thierry Weil, afirmou que serão 500 mil ingressos destinados exclusivamente para brasileiros, apesar de o guia publicado no site da entidade falar em 400 mil. Se for cumprida a palavra do dirigente, os bilhetes da categoria 4 corresponderão a 45% da carga total colocada à venda para o público geral (1,1 milhão).