quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Governo consegue barrar denúncia contra Temer



A Câmara dos Deputados barrou nesta quarta-feira (2) a denúncia em que a Procuradoria-Geral da República acusa o presidente Michel Temer de ter cometido crime de corrupção.
Temer nega todas as acusações e diz que a peça assinada por Rodrigo Janot é uma "ficção" baseada em um ato criminoso patrocinado por um "cafajeste" e "bandido" - em referência à gravação feita por Joesley Batista, da JBS, de uma conversa que o empresário teve com o presidente no porão do Palácio do Jaburu.
Com a decisão da Câmara, a denúncia fica congelada até o fim do mandato de Temer, em dezembro do ano que vem.
NÚMEROS DA VOTAÇÃO:
SIM: 263
NÃO: 227
ABSTENÇÕES: 02
AUSÊNCIAS: 19
TOTAL DE VOTANTES: 492