quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Com 1% de chance de vencer o câncer, Marcelo Rezende desabafa

Considerado por uma legião de telespectadores como um dos mais importantes jornalista do país dos últimos tempos, Marcelo Rezende, que comanda o telejornal investigativo 'Cidade Alerta', na RecordTV, encontra-se atualmente afastado de suas atividades na emissora do bispo Edir Macedo, devido a descoberta de um tumor maligno em seu pâncreas.

Aos 65 anos de idade, Marcelo foi diagnosticado com um avançado câncer no pâncreas e, em menos de um mês, recebeu a triste informação de que a doença havia tomado também parte significativa de seu fígado. Iniciando imediatamente após a descoberta a quimioterapia, Marcelo se submeteu apenas a três sessões, mas abandonou o tratamento para aderir por conta própria um método alternativo com base em uma dieta rica em proteínas e isenta de açúcares.

A decisão de abandonar o tratamento clínico, que muito surpreendeu seus milhões de fãs, foi amplamente criticada por especialistas que defendem o tratamento quimioterápico para pacientes diagnosticados com câncer. A decisão de Marcelo foi anunciada dias após o ex-presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, doutor Ney Cavalcanti de Albuquerque, revelar durante sua participação no programa 'Rádio Jornal' que o câncer diagnosticado no jornalista é um dos tipos mais devastadores da doença e que embora o paciente se submeta ao tratamento clínico, sua chance de cura é de apenas 1%.

Alegando que a quimioterapia mais parecia que iria tirar sua vida, Marcelo deixou de comparecer às consultas médicas e busca na religião e na alimentação sua cura para o câncer. Mostrando-se um homem muito devoto a Deus, por inúmeras vezes Rezende citou textos sagrados e compartilhou com o público palavras de ânimo e esperança.

Mantendo uma relação bastante amistosa e próxima aos seus fãs, Marcelo, que sempre foi adepto às inovações tecnológicas, constantemente se volta ao público através de suas redes sociais. Na último dia 26 de julho, o jornalista utilizou sua conta no Instagram para confirmar sua decisão e revelar aos seguidores o motivo de ter optado por abolir a quimioterapia de seu tratamento.

Visivelmente abatido por conta da doença, Marcelo declarou: ''Desisti da medicina tradicional e essa foi a melhor decisão que eu poderia ter tomado. Não a tomei porque eu quis assim, essa decisão eu tomei pois o meu Deus quis assim.''


Fonte: MassapêCeará.com