segunda-feira, 3 de julho de 2017

4ª travesti é assassinada no Ceará

Mais uma travesti é assassinada no Ceará. Desta vez, a travesti identificada apenas como Rayane, foi assassinada em Horizonte, na Região Metropolitana de Fortaleza, na noite deste domingo.
Homicídios contra travestis tiveram repercussão no primeiro trimestre de 2017. Um dos que mais repercutiu, a nível nacional, é o caso Dandara dos Santos, espancada até a morte no dia 15 de fevereiro, no bairro Bom Jardim, em Fortaleza. O crime foi filmado e divulgado nas redes sociais.
A travesti Hérica Izidoro, 24, também foi vítima de homicídio na capital. Espancada na avenida José Bastos, ela morreu após dois meses internada em coma no Instituto Dr. José Frota (IJF).
A vítima mais recente foi morta no dia 13 de maio, em Juazeiro do Norte, Região do Cariri. Ketlin, 31, foi morta a facadas na cidade de Juazeiro do Norte, na Região do Cariri. Com o mais recente caso, o Ceará registra 4 homicídios de pessoas LGBT no estado, até o momento.
Fonte: Ceará Agora