sábado, 27 de maio de 2017

Servidor da prefeitura é raptado e executado na Pacatuba

O servidor da Prefeitura Municipal de Pacatuba, Ycaro Ferreira Nunes, de 25 anos, foi executado com quatro tiros no fim da tarde da última quinta-feira (25), na Rua Senador Pompeu, do bairro Pavuna. Até o momento, as autoridades trabalham com diversas hipóteses que teriam motivado a ação, dentre elas, a de um crime passional. 
Conforme o major Alemilson Lima Araújo, da 3ªCia do 14º Batalhão de Polícia Militar Metropolitana (BPM), de Pacatuba, quatro homens são suspeitos de envolvimento na morte. Por volta das 17h, a vítima saía do trabalho, quando foi surpreendida por um grupo em um carro que a interceptou no Conjunto Jereissati, e a sequestrou.
A PM conta que Ycaro Nunes foi levado até um matagal, e baleado quatro vezes na cabeça. As investigações iniciais mostraram que nenhum pertence da vítima foi levado. Assim, a Polícia descarta o crime de latrocínio. De acordo com o major, há forte indício de que o quarteto que agiu na execução do servidor municipal tenha recebido ordem e dinheiro para matar Nunes.
Os suspeitos já foram identificados e estamos trabalhando para encontrá-los e prendê-los. Os executores são uns, os mandantes são outros. Os carros que eles estavam não eram roubados. A vítima não era usuária de drogas nem envolvida com crimes", afirmou o major Araújo.
De acordo com a Polícia, Ycaro Nunes era conhecido na região da Pacatuba como alguém pacato e trabalhador e realizava projetos sociais com o público infantil. O agente de segurança ressaltou não poder detalhar as linhas investigativas.
Fonte: Diário do Nordeste