terça-feira, 23 de maio de 2017

Chuvas no Ceará estão abaixo do esperado para o mês de maio

Faltando pouco mais de uma semana para o fim de maio, o Ceará acumula 41 milímetros de chuva no mês de maio, até esta segunda-feira (22), de acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). A média histórica do mês é de 90 milímetros, conforme o órgão.

Em maio, as chuvas estão 50% abaixo do esperado, conforme a Funceme. Caso maio seja encerrado com poucas chuvas, será o segundo mês seguido com chuvas abaixo da média histórica. Em março, o volume de chuva acumulado foi de 204 milímetros, um a mais que a média do período.

A pouca chuva registrada no Ceará nos últimos meses se reflete na pouca água nos açudes.

Com distribuição espacial irregular, os grandes açudes do Ceará continuam com baixa reserva de água. Atualmente, os 153 reservatórios do estado encontram-se, em média, com apenas 12,6% de sua capacidade de armazenamento. O principal açude que abastece Fortaleza, o Castanhão, com apenas 5,9% de sua capacidade de armazenamento.

De acordo com a Companhia de Gestão de Recursos Hídricos (Cogerh), apenas 10 açudes estão com a capacidade máxima de armazenamento; 104 estão com volume abaixo de 30%; 38 estão operando em volume morto e 17 estão completamente secos. Atualmente, 94 das 184 cidades do Ceará estão em situação de emergência por causa da falta de água.


Fonte: G1