segunda-feira, 29 de maio de 2017

Castelão está entre 9 estádios que aparecem em irregularidades na Lava Jato

Em um levantamento feito pelo portal UOL, a Arena Castelão aparece entre nove estádios da Copa que foram citados em irregularidades nas delações premiadas da operação Lava Jato.

Segundo o site, a construção das arenas da Copa do Mundo de 2014 sempre foi cercada de suspeitas de corrupção, e muita coisa tem se concretizado com as revelações dos delatores.

No Castelão – reformado no Governo Cid Gomes -, os investigados são Andrade Gutierrez, Odebrecht e Queiroz Galvão. As empreiteiras admitiram que combinaram que venceria a licitação.

Tem mais

Além disso, o Ministério Público Federal no Ceará investiga a aquisição de cadeiras para a Arena Castelão, na gestão Cid Gomes. Três empresas precisam prestar esclarecimentos: Incontri Comércio de Objetos para Decoração, Pknoll Comércio de Móveis e Nöra – Comércio, Importação e Exportação de Móveis. Todas de São Paulo.

Além das empresas, também vão ter de se explicar Ferruccio Feitosa e Quintino Vieira, que à época do governo Cid eram, respectivamente, secretário especial da Copa no Ceará e superintendente do Departamento de Arquitetura e Engenharia.

Lista

Os nove estádios da Copa do Mundo de 2014 enrolados na Lava Jato: Maracanã, Arena Corinthians, Mineirão, Mané Garrincha, Arena Amazônia, Arena Dunas, Arena Pernambuco, Fonte Nova e Castelão.

Na Arena Pantanal também há investigação, mas ela ocorre fora da operação da PF (Polícia Federal).

Fonte: Ceará News 7