terça-feira, 21 de março de 2017

Anvisa proíbe venda de paçoca com alto teor de substância cancerígena

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu, nessa segunda-feira (20), a venda de um lote de paçocas da marca Dicel.
 
De acordo com o órgão, foi encontrado um alto teor de aflatoxinas, substância tóxica e cancerígena. A interdição vale para todo o país e se aplica ao lote 0027 do Doce de Amendoim Paçoca Rolha, data de fabricação 18/11/2016, data de validade 18/11/2017.
 
Segundo nota divulgada pela Anvisa, o lote do alimento - distribuído pela Indústria e Logistica Wethonklauss Constante Ltda - excedeu o limite do teor da substância, espécie de micotoxinas encontradas em alimentos.
 
De acordo com relatório do Laboratório de Análise Micotoxicológicas, foi detectado teores acima do limite máximo tolerado permitidos para amendoim com casca, descascado, cru ou tostado, pasta de amendoim ou manteiga de amendoim.
 
Aflatoxinas são substâncias tóxicas, carcinogênicas e produtos fora da especificação não podem ser consumidos pela população.

Fonte: Diário do Nordeste