quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Prefeito de São Felipe D'Oeste, RO, morre dois dias após tomar posse

O prefeito de São Felipe D’Oeste (RO), na região da Zona da Mata, Léo Silva (PSB), de 38 anos, morreu na manhã desta terça-feira (3), após um infarto. Léo, que foi empossado no último dia 1º, enfrentava problemas cardíacos e aguardava por uma cirurgia. O velório será no ginásio de esportes do município. O horário do enterro não foi revelado.
Segundo informações repassadas ao G1 por um amigo da família, Léo Silva estava em casa quando começou a passar mal, foi socorrido ao Hospital Municipal de São Felipe, mas acabou morrendo por volta das 6h por causa de um infarto.
Ainda de acordo com o amigo, logo após a campanha eleitoral, Léo foi diagnosticado com problemas cardíacos, e chegou a ficar internado no Hospital Regional de Cacoal (HRC), onde deveria passar por um procedimento cirúrgico no próximo dia 10 para a implantação de pontes de safena. Léo Silva era casado e deixa esposa e dois filhos. O velório será no ginásio de esportes do município.
Biografia
Nascido em 1º de julho de 1978, na cidade de Linhares (ES), Eleomar da Silva Teixeira, era radialista e concorreu ao cargo de prefeito de São Felipe no ano de 2012, ficando em segundo lugar na disputa. Em 2016, disputou o cargo pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB), e venceu a eleição com 49,53% dos votos válidos. Essa era a primeira vez que ocupava um cargo eletivo.

Na prefeitura
Quem assume a prefeitura de São Felipe D'Oeste, no interior de Rondônia, é o vice-prefeito, Marcicrenio da Silva Ferreira, de 30 anos, conhecido como Márcio da Agrovem, filiado ao Partido da República (PR).

Em nota divulgada no site da prefeitura, o vice-prefeito em exercício, lamenta a morte do prefeito e nos termos da lei orgânica municipal declara luto oficial por três dias.
Fonte: G1