segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

MUNDIAL: Estudo da Fifa mostra que torneio com 48 seleções seria mais lucrativo

Um estudo interno feito pela Fifa, mostra que a melhor e mais rentável maneira de expandir o Mundial é um torneio com 48 seleções. 

O estudo, no qual a agência AP teve acesso, mostra que as 48 seleções seriam dividias em 16 grupos com três equipes em cada um. Contudo, o estudo mostra que o atual formato com 32 países, oferece mais qualidade ao futebol. 

O novo modelo que foi anunciado pelo presidente da Fifa, Gianni Infantino, está na análise de 64 páginas, em que são tratadas cinco opções para a Copa do Mundo de 2026. Os Mundiais da Rússi em 2018, e do Qatar em 2022, serão no atual formato.

A Fifa concluiu que o formato com 48 equipes (16 grupos com 3 seleções cada) seria lucrativo. Com uma fase extra de eliminação numa nova rodada de 16ª de final, anterior às oitavas de final, o formato com 80 partidas — cada uma em horário exclusivo durante 32 dias — é um atrativo para as emissoras de TV e os patrocinadores, acredita um dirigente da Fifa.
Fonte: O Globo