quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Juízes federais articulam greve em defesa de auxílios

Um grupo de cerca de 100 juízes federais articula, por meio do convencimento a outros colegas, uma greve em favor de benefícios aos quais têm direito. Segundo o jornal Folha de São Paulo, eles ficaram irritados diante da marcação para 22 de março do julgamento no STF que poderá extinguir o polêmico auxílio-moradia.

O grupo argumenta que a presidente do Supremo, Carmen Lúcia, deixou de lado a ação que trata de benefícios relativos a tribunais estaduais.

A classe entrou em greve pela última vez há quase 20 anos, em 1999, quando pleiteou reajuste salarial.

Fonte: Notícias ao Minuto