quinta-feira, 6 de julho de 2017

RODOVIAS ESTADUAIS: Cinco trechos estão em obras no Centro-Sul

No Centro-Sul do Ceará, cinco trechos de rodovias estaduais seguem em obras. As vias cortam comunidades rurais e, em alguns pontos, há reclamações de moradores e motoristas em decorrência do atraso de conclusão dos serviços e dos transtornos gerados. Os serviços integram o programa Ceará de Ponta a Ponta, com financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e do tesouro estadual.
O ponto mais crítico é no entorno da Vila Barro Alto, zona rural de Iguatu. Os serviços de reconstrução da rodovia CE-375 entre Iguatu e Jucás, um segmento de 30,8Km, começou em novembro de 2016. No período de chuvas, ocorreram vários problemas, com interdição temporária e atoleiros. Agora, é o excesso de poeira e de pedras soltas na via que exige a atenção dos motoristas e traz transtornos para quem trafega pela estrada. "A gente sabe que o serviço precisa ser feito, mas existe uma demora grande", disse o produtor rural Luís Souza.
A empresa responsável pela obra abriu várias frentes de trabalho e, mesmo no trecho de cerca de 10Km onde já foi colocado asfalto novo, há pontos em terra e pavimentação inconclusa. O representante comercial Paulo Duarte avalia que houve falta de planejamento na execução dos serviços durante o período chuvoso.
O Departamento Estadual de Rodovias (DER) informou que 32% dos serviços já foram realizados entre Iguatu e Jucás e que o trabalho segue com regularidade, segundo o cronograma. Orçada em cerca de R$ 22 mi, a obra inclui drenagem, obras d'artes, alargamento da via, sinalização e proteção ambiental. A previsão de conclusão é para o segundo semestre de 2018.
Outra obra que há mais de um ano está em andamento é a construção da rodovia entre Acopiara e Deputado Irapuan Pinheiro. O DER informou que os serviços devem ser entregues neste mês de julho. O trecho tem 95% dos serviços executados. Os trabalhos incluíram a construção de uma ponte. A nova estrada asfaltada vai facilitar o deslocamento dos moradores entre os dois centros urbanos. "Antes a gente enfrentava poeira no período seco e muita lama e atoleiro no inverno", disse o empresário Carlos Roberto Rocha. O trecho de 35Km tem investimento de R$ 34,9 mi. "Vai facilitar o deslocamento da população e o escoamento da produção", pontuou o prefeito de Deputado Irapuan Pinheiro, Claudenilton Pinheiro. A obra chegou a ser paralisada com o abandono da construtora responsável pelo serviço, mas depois foi retomada.
A construção da rodovia CE-284 no trecho entre a cidade de Cariús e a localidade de Umarizeiras, no entroncamento com a CE-060, é aguardada com muita expectativa. "Vai facilitar o acesso à região Cariri, reduzindo a distância em torno de 30Km", explica o representante comercial Paulo Gomes. "Quem mora em Jucás e Cariús precisa ir até Iguatu para ter acesso por asfalto ao Sul do Ceará", completa. Segundo o DER, 32% dos serviços já foram concluídos. A obra também parou e teve mudança de empreiteira.
Há mais dois trechos da CE-284 em reconstrução. Um é entre Umarizeira (entroncamento da CE-060) e Cedro e o outro entre Jucás - Cruzeta e Saboeiro. No total, são 100Km de obra, na via, com investimento aproximado de R$ 51 mi. Entre Umarizeira e Cedro já foram concluídos 53% dos serviços. Já entre Jucás e Saboeiro foram realizados apenas 25% dos trabalhos de terraplanagem.
Outro trecho de rodovia em que a obra está avançada é entre a cidade de Icó e o distrito de Icozinho. Segundo o DER, foram realizados 93% dos serviços. A via tem extensão de 36Km e o trabalho foi iniciado em 2016. O aporte é de R$ 29,3 mi. O projeto faz parte do Programa Viário de Integração e Logística (Ceará IV).
Fonte: Diário do Nordeste