quarta-feira, 5 de julho de 2017

Polícia colhe depoimentos de sobreviventes de capotagem de carro em rio da Grande Fortaleza

Os depoimentos dos quatro ocupantes do veículo que capotou e caiu dentro de um rio na Praia de Águas Belas, em Cascavel, no último domingo (2) foram colhidos nesta terça-feira (4) na Delegacia Metropolitana da cidade. O acidente causou a morte da estudante de enfermagem Mikaele Rodrigues, de 26 anos.

Ainda na segunda-feira, o condutor do veículo, José Wtemberg dos Santos, se apresentou na delegacia de Horizonte, conforme informações da Polícia. Contudo, já havia um mandado de prisão em aberto contra ele, demandado pela delegada Márcia Janine, de Cascavel e expedido pela Justiça, justificado pelo abandono do motorista do local do acidente, sem prestar socorro às outras vítimas. Ele foi encaminhado à Cadeia Pública de Cascavel, depois de prestar depoimento.

Ainda de acordo com a delegada Márcia Janine, as três mulheres que sobreviveram ao acidente deram um depoimento parecido, reiterando que ele havia ingerido bebidas alcoólicas e ainda estava dirigindo em alta velocidade. Elas já eram amigas do condutor e se reuniram por volta das 10h30 do domingo em Cascavel. Eles foram primeiro ao Centro da cidade, depois partiram para a Praia de Barra Velha, onde pararam em dois pontos. Por fim, foram à Praia Nova. No último local, eles decidiram seguir para a Praia de Caponga, mas antes, Gutemberg já teria tomado bebidas alcoólicas.

Acidente

No caminho, conforme relatou a delegada, ele seguiu em alta velocidade. As mulheres que estavam no carro pediram para que ele se desvencilhasse do rio e diminuísse a velocidade. Ele, contudo, teria pedido para que elas ficassem tranquilas, pois conhecia a região. Depois de uma freada brusca, o carro capotou várias vezes e caiu no rio.

As três mulheres que sobreviveram estavam no banco de trás. Elas contaram que quebraram os vidros e saíram do veículo já submerso. José Wtemberg fez o mesmo. Segundo elas, ele passou por cima de Mikaele para se salvar, mas ela teria ficado presa. A perícia ainda vai confirmar a versão.

O advogado de José Wtemberg esteve ontem na delegacia, mas preferiu não falar com a imprensa. O condutor deve permanecer na Cadeia Pública de Cascavel.

Fonte: G1