quarta-feira, 10 de maio de 2017

Morre o ator Nelson Xavier aos 75 anos em Minas Gerais

O ator Nelson Xavier morreu aos 75 anos na madrugada desta quarta (10), em Uberlândia (Minas Gerais), em decorrência de um câncer.

Nascido em São Paulo em 1941, Nelson Agostini Xavier tinha uma carreira de cinco décadas na TV, no cinema e no teatro.

Ele integrou o Teatro de Arena, os Seminários de Dramaturgia e o Movimento de Cultura Popular de Recife e, na década de 1960, se destacou como ator em encenações dos textos de Plínio Marcos.

No início de sua carreira, atuou em peças como "Eles Não Usam Black-tie" (1958), de Gianfrancesco Guarnieri, "Chapetuba Futebol Clube" (1959), de Oduvaldo Vianna Filho, e "Julgamento em Novo Sol" (1962), de Augusto Boal.

Quando ainda não era cineasta, Eduardo Coutinho conseguiu um trabalho para Xavier como revisor na revista "Visão", onde também fez críticas de cinema e de teatro.

O ator integrou o elenco de filmes como "Dona Flor e seus Dois Maridos" (1976), de Bruno Barreto, e "A Queda" (1978), de Ruy Guerra, que lhe rendeu o prêmio Urso de Prata no Festival de Berlim.

Em 2010 ganhou notoriedade ao protagonizar a cinebiografia sobre Chico Xavier em filme de Daniel Filho que leva o nome do médium.

Premiado como melhor ator no Festival do Rio em 2016, Nelson Xavier interpreta em "Comeback", filme que estreia no próximo dia 25, personagem que, enquanto planeja seu retorno ao crime, se vira tentando emplacar máquinas caça-níqueis em botecos suburbanos e se envolve em situações tragicômicas.

O corpo do ator será levado ao Rio de Janeiro, onde deve ser cremado amanhã.
Nelson Xavier deixa mulher e quatro filhos.

Fonte: Uol Notícias